Quinta-feira , Julho 19 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / FIM CEV Repsol proporcionou corridas para todos os gostos no Algarve
FIM CEV Repsol proporcionou corridas para todos os gostos no Algarve

FIM CEV Repsol proporcionou corridas para todos os gostos no Algarve

Chegou ao fim a primeira visita do FIM CEV Repsol ao Autódromo Internacional do Algarve no ano em que o Campeonato saiu pela primeira vez de Espanha. Pilotos e equipas estão bastante satisfeitas com as condições oferecidas pelo AIA assim como o público que elogiou a actividade em pista e a competitividade de todas as corridas.

O primeiro confronto de Domingo colocou os pilotos da categoria Moto2/Superstock 600 em acção. Florian Alt (Kalex) foi o primeiro vencedor seguido de Xavi Vergne (Tech 3) e de Edgar Pons (Kalex) nos restantes lugares do pódio. Na segunda corrida, Pons assumiu a liderança e cruzou a linha de meta no primeiro lugar. Steven Odendaal (Speedup) foi o segundo classificado e Alan Techer (Tech 3) o terceiro que só subiu ao pódio fruto da queda de dois adversários já bem perto do final da prova. Jesko Raffin (Kalex) com o sexto lugar apenas na segunda prova conseguiu o título de Campeão, depois da queda de Florian Alt que poderia ter relegado para Valência a decisão do ceptro. Bertin Thibaut foi o vencedor das duas corridas das Superstock 600 não tendo em Portimão adversários à altura do seu desempenho.

Nas Moto3, Fabio Quartararo (Honda) foi rei e senhor em Portimão. Para além da ‘pole’ arrecadou a vitórias nas duas corridas depois de ter chegado ao Algarve já com o título de Campeão. O jovem piloto de 15 anos ruma agora ao Mundial de Moto3. Nicola Bulega (KTM) foi o segundo classificado e Marcos Ramirez (Ioda-Honda) o terceiro.

Entre os pilotos das Superbike, Carmelo Morales (Kawasaki) esteve em plano de evidência pois já tinha conseguido e ‘pole’ e a vitória na primeira corrida e voltaria a repetir o feito na segunda. Sendo que na primeira prova foi Kenny Noyes (Kawasaki) o segundo e Ivan Silva (BMW) o terceiro mas na segunda prova as posições inverteram-se e Silva foi o segundo e Noyes terceiro. Nas Superbike Privadas, Axel Maurin (Kawasaki) foi o primeiro vencedor e Alejandro Martinez (Kawasaki) que regressou à competição após quatro anos de interregno, o vencedor da segunda corrida.

Entre os pilotos portugueses, destaque para o desempenho de Tiago Magalhães que em ambas as corridas foi 6º classificado entre as Superbike privadas.

Mais uma fim-de-semana de competição concluído no AIA com os resultados das corridas a poderem ser vistos em www.fimcevrepsol.com

 

Scroll To Top