Quarta-feira , Setembro 26 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Final inglório em Portalegre impede João Ramos e Vitor Jesus de vencerem o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno
Final inglório em Portalegre impede João Ramos e Vitor Jesus de vencerem o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno

Final inglório em Portalegre impede João Ramos e Vitor Jesus de vencerem o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno

João Ramos e Victor Jesus, aos comandos da Toyota Hilux, mantiveram um ritmo forte durante a Baja Portalegre 500, mas um problema eletrónico, de direção assistida e por fim um furo a 7km do final impediu a dupla de vencerem o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, sagrando-se Vice-Campeões.

Na última prova do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2016, João Ramos e Victor Jesus atacaram desde início, chegando a alcançar mesmo a terceira posição da geral, assim como controlando a margem face ao adversário capaz de discutir a vitória no campeonato – Nuno Matos.

Na última classificativa de 210km, João Ramos manteve o ritmo rápido e chegou a liderar a mesma, aumentando a vantagem para o seu adversário. Contudo, a proximidade do Km 80 do último sector seletivo foi decisiva para as contas do campeonato explica João Ramos:

“O motor deixou de responder com potência, onde por várias vezes tive que desligar o motor para fazer “reset” à falha eletrónica, e foi com este problema que perdemos toda a vantagem que tínhamos acumulado e que bastava para alcançar o nosso objetivo. A partir de determinada altura esta questão deixou de acusar, inexplicavelmente, e começamos a recuperar um pouco mas não o suficiente, pois quando faltavam 60Km para acabar ficamos sem direção assistida e por último um furo a 7Km do final.”

Após análise técnica, a equipa confirma que a questão eletrónica se deveu a entrada de água nas fichas de alguns sensores. A questão da direção assistida deveu-se à avaria da própria bomba que também condicionou o macaco hidráulico.

 

O piloto de Gaia fez ainda o balanço da temporada 2016, “Para a Team Caetano Racing e para os Patrocinadores foi uma época muito positiva, onde em todo o campeonato fomos uma equipa que não desistiu em nenhuma prova, tendo até chegar a Portalegre, marcado presença no pódio em toda a época.

Agora iremos centrar atenções na Baja de Cuenca, prova que pertence e finaliza a Taça Ibérica de Todo-o-Terreno onde no momento lideramos e temos como objetivo vencer. Conclui João Ramos.

 

 

Scroll To Top