Segunda-feira , Outubro 22 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Formato resistência trouxe corridas emocionantes no  Troféu Mini
Formato resistência trouxe corridas emocionantes no   Troféu Mini

Formato resistência trouxe corridas emocionantes no  Troféu Mini

 

 

  • Rui Costa vence a primeira corrida decidida ao segundo
  • Luís Sepúlveda e Duarte Aguiar triunfam no segundo confronto
  • Título será discutido na última prova no Estoril

 

 

Os concorrentes do Troféu Mini voltaram a protagonizar duas corridas altamente disputadas, onde o grau de incerteza que caracteriza esta competição esteve bem patente na quarta prova da temporada que este fim-de-semana decorreu no Algarve Classic Festival e que teve a particularidade de ser a primeira da temporada com um formato de resistência.

 

Rui Costa venceu a primeira corrida do Troféu Mini no fim-de-semana, onde os três primeiros classificados terminaram separados por menos de um segundo. No segundo confronto de 40 minutos foi a vez da dupla Luís Sepúlveda/Duarte Aguiar celebrar a vitória, beneficiando de uma penalização pós-corrida atribuída a Manuel Fernandes/Francisco Pinto.

 

Na sessão de qualificação de sexta-feira, a dupla Fernandes/Pinto levou a melhor sobre Fernando Soares e Luís Felipe Oliveira/Paulo Leitão, ao passo que os dois primeiros do campeonato – Francisco Formosinho Sanchez  e Rui Costa – foram o quarto e o quinto mais rápidos.

 

Na estreia da competição apoiada pela GTS Garantia Automóvel no Autódromo Internacional do Algarve, no sábado, para além do muito calor e elevadas temperaturas para a época, a incerteza que habitualmente caracteriza as corridas do Troféu Mini foi exponenciada pela presença em pista por duas ocasiões do Safety-Car.

 

O Mini nº74 de Luís Felipe Oliveira/Paulo Leitão assumiu a liderança nos primeiros momentos da corrida, mas rapidamente o Mini nº6 conduzido por Francisco Pinto recuperou a posição perdida por troca com o seu adversário. Até à segunda entrada do carro de segurança esta seria a ordem no topo da classificação da corrida.

 

Depois da paragem obrigatória nas boxes, Rui Costa assumiu a liderança, mas nunca teve tempo para relaxar, pois os “Mighty Mini” de Carlos Matos/Manuel Matos e Luís Sepúlveda/Duarte Aguiar, que fez a melhor volta da corrida, perseguiram o carro vencedor até à mostragem da bandeira de xadrez,  tendo os três primeiros cortado a linha de meta separados por menos de nove décimas de segundo.

 

A segunda corrida do fim-de-semana, disputada no domingo pela manhã, não teve tantos sobressaltos em pista, e o Mini  nº6 de Fernandes/Pinto, que arrancou do sétimo posto, passeou a sua hegemonia, obtendo a melhor volta no processo, terminando com um confortável avanço sobre Luís Sepúlveda/Duarte Aguiar.

 

Contudo, o duo Fernandes/Pinto seria penalizado em 60 segundos, por excesso de velocidade no pitlane, caindo para o quarto posto.

 

Sepúlveda e Aguiar herdaram assim o triunfo, tornando-se os sextos vencedores diferentes em oito corridas do troféu.

 

A cerimónia do pódio contou ainda com a presença de Fernando Soares e da dupla Luís Felipe Oliveira/Paulo Leitão que lutaram ao centímetro pelo que haveria de ser o segundo lugar na corrida.

 

O líder do campeonato, Francisco Formosinho Sanchez, terminou no quarto lugar na primeira corrida, descendo provisoriamente para segundo na tabela de pontos, recuperando a liderança este domingo ao cortar a linha de chegada no quinto posto, para depois também ele ser penalizado por excesso de velocidade na via das boxes e cair para sétimo. O piloto do Mini nº53 beneficiou com o abandono do rival Rui Costa à nona volta.

 

Para Diogo Ferrão, responsável máximo pela Race Ready, o organizador do troféu, esta passagem pelo Algarve “foi bastante importante, pois experimentamos pela primeira vez um formato de corrida de resistência. Acabámos por ter uma “resistência ao sprint”, principalmente na primeira corrida, com os três primeiros classificados a terminarem no mesmo segundo. Este é um novo formato, agora vamos ouvir a opinião dos participantes para perceber se querem continuar com corridas de sprint ou de resistência. A próxima corrida, os 250 km do Estoril, terá um misto de sprint e de resistência. ”

 

A primeira temporada do Troféu Mini encerra no fim-de-semana de 11 e 12 de Novembro no Autódromo do Estoril.

 

 

 

Scroll To Top