Segunda-feira , Novembro 20 2017
ÚLTIMAS
Home / BREVES / FPAK promove acção de ética no desporto na Madeira
FPAK promove acção de ética no desporto na Madeira

FPAK promove acção de ética no desporto na Madeira

Com o apoio do IPDJ e a participação de Miguel Nery, responsável técnico do projeto Desporto sem Bullying e Paula Fortunato, embaixadora do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED) e do projeto Desporto sem Bullying, a FPAK promoveu na ilha da Madeira um encontro subordinado ao tema da ética desportiva.

Foi durante a terceira prova do Troféu da Madeira de Karting, Circuito do Faial realizada ontem  que as cerca de duas dezenas de pilotos participantes puderam assistir à ação na qual lhes foram transmitidas noções sobre o desporto enquanto escola de valores, a importância do prazer na prática desportiva, o papel dos pais, educadores e treinadores, etc.

Depois de fazer um enquadramento histórico da evolução da ética desportiva, Miguel Nery alertou para o fenómeno da desistência de muitos jovens da prática desportiva, referiu as consequências negativas desse abandono, nomeadamente em termos de socialização, e explicou como, muitas vezes, esse abandono está diretamente relacionado com o comportamento dos pais e/ou treinadores que pode ser desmotivante para os jovens.

Paula Fortunato, por seu lado, traduziu a ética no desporto como a soma do respeito que é devido a nós e ao nosso corpo, ao adversário e à sua relevância na prática desportiva, às regras estabelecidas, e a valores como a verdade, a justiça e a tolerância.

Ao longo de toda a apresentação foi sublimado o papel fundamental de pais, educadores e treinadores enquanto exemplo para os mais jovens, tendo sido recordada a necessidade de os adultos controlarem as suas emoções (para que os jovens atletas possam aprender através do exemplo a dominar as suas frustrações) e respeitarem as decisões de comissários técnicos e/ou árbitros, bem como de repudiar todas as demonstrações de violência, não apenas física mas também verbal.

A prova incluía pilotos da categoria cadetes, super-cadetes, juniores e Max, ou seja, a assistência a esta palestra sobre ética no desporto abrangia jovens a partir dos 7 anos mas também pilotos seniores e vários pais.

Artur Jorge Baptista, presidente da direção da Associação de Karting da Madeira, fez a apresentação deste encontro, agradecendo à FPAK e ao IPDJ a organização. Antes da palestra, houve oportunidade para a troca de experiências e Artur Jorge Baptista explicou o projeto Kartilha da Madeira, uma escola para os jovens pilotos de karting onde não só lhes é transmitido o conhecimento técnico e trabalhada a performance desportiva, mas também são transmitidos valores, com especial incidência na segurança dos pilotos e respeito por todos os intervenientes de uma prova desportiva.

Otília Mendonça, da FPAK Madeira, recebeu e acompanhou os palestrantes, tendo no final oferecido, em nome da FPAK, aos jovens pilotos de karting o livro sobre segurança rodoviária, da autoria do piloto Renato Pita: “De mãos dadas com a segurança”.

Foram também distribuídas a todos os presentes algumas brochuras elaboradas pelo Plano Nacional de Ética no Desporto sobre dopping, bullying e recomendações aos pais.

 

Scroll To Top