Sábado , Novembro 18 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Francisco Abreu com baterias recarregadas para Jerez
Francisco Abreu com baterias recarregadas para Jerez

Francisco Abreu com baterias recarregadas para Jerez

 

 

Francisco Abreu tem já no próximo fim-de-semana mais uma prova do Campeonato Nacional de Velocidade de Turismo, que marca o final da pausa de Verão, e o Campeão Nacional de Velocidade em título mostra-se ainda mais motivado para se bater pelas vitórias na quarta ronda da temporada, que tem como pano de fundo o circuito espanhol de Jerez de la Frontera.

 

Depois da ronda do Algarve, tiveste um período longo sem corridas – muito embora pelo meio tenhas participado no Rali Vinho Madeira com o Carro 0 – que coincidiu com o período de férias. Aproveitaste para recarregar baterias?

Francisco Abreu: “Depois de três provas tão juntas e com tantas emoções – estreia de um novo carro, começar a trabalhar com o Manuel Gião, a constatação que podemos ser competitivos também com um carro de Turismo, algumas frustrações, é claro – foi bom parar, analisar o que correu bem e o que correu menos bem. Foi isso que fiz. Foi importante estar com a família e com os amigos para recarregar as baterias e sinto que estou ainda mais forte para a recta final da temporada.”

 

A temporada do Campeonato Nacional de Velocidade de Turismo entra agora na sua fase decisiva. Como vais abordar as próximas provas?

Francisco Abreu: “Na primeira metade da temporada estivemos todos a ambientar-nos ao Volkswagen Golf TCR e, muito embora tenhamos tido uma abordagem menos arrojada nesse período, obtivemos bons resultados e mostrámos a nossa competitividade. Aliás bastava termos conquistado mais dois pódios no Algarve para estarmos no comando do Campeonato. Agora vamos continuar a trabalhar como até aqui, de forma metódica, de modo a podermos concretizar o nosso andamento nos resultados que ambicionamos.”

 

A época é retomada em Jerez de la Frontera, onde se disputa a quarta ronda do campeonato. É um circuito onde nunca correste. Como te preparaste e como esperas ultrapassar esse desconhecimento?

Francisco Abreu: “Tenho visto alguns vídeos e feito algum trabalho de simulador, mas o mais importante é o conhecimento que tanto o Manuel Gião como o Team Novadriver têm da pista e que será determinante para que me ambiente rapidamente ao circuito. Mas penso que isso não será um problema, normalmente, adapto-me bem a novos traçados.”

 

Apesar do desconhecimento que tens da pista, consideras que pode construir bons resultados em Jerez de la Frontera?

Francisco Abreu: “É claro que tanto eu, como o Manuel, como o Team Novadriver vamos para Jerez com o intuito de dar o nosso melhor e dar o nosso melhor é lutar pelas vitórias. Sabemos que os nossos adversários vão também estar muito fortes, mas penso que, com trabalho e aplicação, estaremos na luta pelos triunfos.”

 

Scroll To Top