Sábado , Agosto 19 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Haas F1 Team com dia mais discreto
Haas F1 Team com dia mais discreto

Haas F1 Team com dia mais discreto

A Haas F1 Team teve um dia de testes metódico esta quarta-feira com Romain Grosjean aos comandos do VF-17 no Circuit Barcelona – Catalunya. O francês de trinta anos completou cinquenta e seis voltas ao circuito de 4,655 quilómetros e dezasseis curvas, realizando diversas verificações de sistema de manhã e experimentado um elevado número de afinações ao longo da tarde.

O melhor tempo de Grosjean foi de 1m22,118s, alcançado na sua quadragésima nona volta quando tinha montado no seu monolugar pneus super-macios. Esta marca colocou-o no oitavo lugar da tabela de tempos entre treze pilotos que se fizeram à pista. Grosjean completou 260,68 quilómetros no seu primeiro dia de testes. O seu colega de equipa, Kevin Magnussen, esteve em acção na terça-feira e na quarta-feira.

Grosjean iniciou a manhã com voltas de reconhecimento com pneus macios para, depois, mudar para borrachas médias para realizar algumas voltas lançadas até à pausa para almoço. A sua melhor marca de manhã foi de 1m25,133s na sua vigésima segunda volta, o que o deixou no décimo lugar.

Depois de ter realizado vinte e sete voltas durante a manhã, Grosjean registou mais vinte e nove ao longo da tarde. Começou com pneumáticos médios, mudando depois para macios, para os substituir por super-macios nos quinze minutos finais de sessão. Estes pneus ajudaram Grosjean a realizar a sua melhor volta. Uma breve série de três voltas com borrachas macias terminou o dia.

Valtteri Bottas, da Mercedes, marcou a melhor volta (1m19,705s) e Sebastian Vettel, da Scuderia Ferrari, foi quem mais voltas completou (139).


“Não foi um dia fácil, dado que tivemos algumas pequenas contrariedades. Não fizemos tantas voltas como planeámos. Não completámos o nosso programa. No que diz respeito a afinações, encontrámos o caminho que pretendíamos, portanto, temos ainda algumas coisas onde trabalhar e entender. No geral, os carros são porreiros de conduzir – vamos depressa para as curvas rápidas, travamos tarde e levamos muita velocidade para as curvas, o que é bom. Penso que a Pirelli deu um bom passo com os pneus, podemos puxar durante três voltas seguidas. Estou apenas desapontado por não termos tantos quilómetros como queríamos, especialmente porque amanhã será um dia de testes no molhado”

 

João Bica

 

Scroll To Top