Quarta-feira , Outubro 17 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Haas F1 Team está pronta para a prova de abertura da temporada de Fórmula 1
Haas F1 Team está pronta para a prova de abertura da temporada de Fórmula 1

Haas F1 Team está pronta para a prova de abertura da temporada de Fórmula 1

Eles são sérios? Essa foi a questão sobre a Haas F1 Team que muitos fizeram.

Essa questão surgiu pela primeira vez em Janeiro de 2014, quando o fundador e presidente da equipa respondeu ao desafio lançado pela FIA. Quando em Abril 2014 a FIA concedeu à Haas uma licença, as questões persistiram.

A frequência da questão reduziu-se quando em Setembro de 2014 a Haas F1 Team formou uma parceria técnica com a Scuderia Ferrari. E quando o veterano Romain Grosjean assinou com a Haas F1 Team, em Setembro de 2015, sublinhou uma forte afirmação de que, realmente, a Haas F1 Team era para ser levada a sério. Um mês depois, a realidade de que a Haas F1 Team se preparava era cada vez mais palpável tornou-se evidente no Museu Soumaya, na Cidade do México, quando Esteban Gutiérrez foi confirmado ao lado de Romain Grosjean como piloto da equipa, durante o Grande Prémio do México.

Ainda assim, para os que estavam do lado de fora da Haas F1 Team, não havia ainda qualquer carro que pudesse ser visto. Não havia camiões. Não existiam provas tangíveis de que a primeira equipa de Fórmula 1 americana em trinta anos estaria nas grelhas de partida de 2016.

Mas então, os testes de pré-temporada em Barcelona aconteceram. No final do paddock, um trio de camiões imaculado estavam estacionados com um grande círculo centrado num “H” sobre o fundo brilhante de uma pintura cinzenta. Atrás dos camiões uma entrada bem apresentada para as boxes, replicando as cores da Haas Automation, o maior construtor de máquinas CNC da América do Norte. Dentro das boxes, onde trabalhava um grupo de membros da equipa vestidos com as cores da equipa, estava o VF-16, o primeiro carro de corridas da Haas F1 Team.

Ás 10h00 de segunda-feira, 22 de Fevereiro, o VF-16 acordou para a vida. Com Grosjean ao volante, saiu da boxe para a via das boxes do Circuit de Barcelona – Catalunya. O Ferrari 061 turbo V6 funcionou sem qualquer problema ao longo dos 4,655 quilómetros (2,89 milhas) e dezasseis curvas, fornecendo uma valiosa volta de reconhecimento para que a equipa verificasse todos os sistemas do carro.

A Haas F1 Team chegou. Prova-o as 474 voltas (2.2026,47 quilómetros, 1.369,86 milhas) realizadas durante oito dias de pista (22 a 25 de Fevereiro e 1 a 4 de Março).

Agora, temos a corrida de abertura do Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1. O 32º Grande Prémio da Austrália inicia-se com os treinos-livres no dia 18 de Março, a qualificação será no dia 19 e culmina com a corrida no dia 20 de Março.

 

Scroll To Top