Quarta-feira , Julho 18 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Hélder Miranda volta a representar Cabeceiras de Basto no WRC
Hélder Miranda volta a representar Cabeceiras de Basto no WRC

Hélder Miranda volta a representar Cabeceiras de Basto no WRC

 

Depois do brilharete no Vodafone Rali de Portugal de 2017, onde subiu ao pódio do CPR2 e foi o único piloto português dos 2 Rodas Motrizes a chegar ao final da prova, Hélder Miranda já está preparado para regressar à ronda portuguesa do Campeonato do Mundo FIA de Ralis (WRC). Mais uma vez, o piloto de Cabeceiras de Basto espera dar espetáculo na sua região natal.

Ao volante de um Citroën C2 R2 e com Rui Teixeira como navegador, Hélder Miranda está a poucos dias de entrar em ação no Vodafone Rali de Portugal, o mais importante evento de desporto automóvel realizado no nosso país.

O ex-campeão nacional de Ralicross (Categoria Super Nacional) e campeão FPAK Norte (Grupo X2), que esta época já deu nas vistas no Rali Serras de Fafe e no Rali de Cabeceiras de Basto, vai tentar gerir da melhor forma a mecânica do carro francês nos longos e duros troço do Rali de Portugal.

“A nossa estratégia para o rali é a mesma de 2017: tentar impor o nosso andamento mas pensando sempre em poupar o carro nas zonas mais duras, para conseguirmos chegar sem problemas à especial de Cabeceiras de Basto (PECs11 e 14) no sábado. Correr perante o nosso público é uma emoção muito grande e vamos tentar dignificar todos os patrocinadores que nos apoiam nesta aventura”, afirmou Hélder Miranda.

Organizado pela experiente equipa do ACP Motorsport, o Vodafone Rali de Portugal começa com um shakedown de 4,2 kms na manhã desta quinta-feira, em Paredes (Baltar). Depois, os concorrentes rumam à Super Especial na pista de Lousada, agendada para as 19h03, para no dia seguinte disputarem as duplas passagens pelas classificativas de Viana do Castelo (26,73 kms), Caminha (18,11 kms) e Ponte de Lima (27,54 kms), numa etapa que encerra com a Porto Street Stage (1,95 kms).

No sábado, Hélder Miranda e Rui Teixeira enfrentarão mais três classificativas: Vieira do Minho (17,50 kms), a aguardada especial de Cabeceiras de Basto (22,22 kms) e o troço de Amarante (37,60 kms), perfazendo o total de 229 kms cronometrados que pontuam para o Campeonato de Portugal de Ralis 2 Rodas Motrizes, podendo no entanto prosseguir até ao final do evento, no domingo, tal como fizeram em 2017.

 

Scroll To Top