Quarta-feira , Outubro 18 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Helder Rodrigues domina etpa mas foi penalizado em 3 minutos
Helder Rodrigues domina etpa mas foi penalizado em 3 minutos

Helder Rodrigues domina etpa mas foi penalizado em 3 minutos

Hélder Rodrigues foi o grande vencedor da 12ª etapa do Dakar, que ligou San Juan a Villa Carlos Paz. O piloto da Yamaha obteve o seu oitavo triunfo em etapas no Dakar, o primeiro em 2016, numa tirada em que dominou por completo a segunda parte da especial. O piloto luso superiorizou-se ao líder da prova, Toby Price por 7m32s.

O terceiro registo ficou nas mãos de Kevin Benavides. O piloto argentino cedeu 7m55s. Stefan Svitko continuou a demonstrar a sua solidez ao assinar o quarto tempo. Já o estreante Adrian Van Beveren deu continuidade à boa forma da Yamaha nesta etapa ao concluir o dia no quinto posto.

Pablo Quintanilla dominou a primeira parte da etapa, no entanto, o piloto da Husqvarna deverá ter sentido problemas na sua moto na segunda metade da jornada, pois perdeu 15m23s para Hélder Rodrigues.

Com estes resultados, Hélder Rodrigues subiu duas posições e fez uma forte aproximação ao terceiro lugar. À entrada para a última etapa do Dakar, 1m19s separa o piloto luso de Pablo Quintanilla, que é quem ocupa o terceiro posto. Nota ainda para os problemas sentidos por Antoine Meo, que tiraram a possibilidade do piloto francês conquistar um pódio no seu ano de estreia no Dakar. Meo caiu e perdeu 38m36s, tendo descido de terceiro para sexto.

Na frente da prova, Toby Price tem praticamente garantido o seu primeiro triunfo no Dakar. O piloto australiano vai partir para a última etapa com 37m39s de vantagem para o segundo classificado, Stefan Svitko.

 

Hélder Rodrigues foi penalizado

Já começa a ser hábito neste Dakar surgirem penalizações após a conclusão das etapas e sem se saber qual o motivo. Agora foi Hélder Rodrigues, vencedor da tirada, a ser penalizado em 3m. Esta penalização não retira o primeiro triunfo em etapas do piloto da Yamaha na presente edição do Dakar, mas prejudica a sua luta pelo terceiro lugar.

Sem a penalização Hélder Rodrigues tinha subido duas posições, estando apenas a 1m19s do terceiro posto, que é ocupado por Pablo Quintanilla. Assim, o piloto de Almargem do Bispo apenas sobe ao quinto lugar, estando a 4m19s do lugar mais baixo do pódio, isto numa fase em que faltam disputar os derradeiros 180 km cronometrados da última etapa. Já em relação ao quarto lugar apenas 1s separam Hélder Rodrigues de Kevin Benavides.

Sem dúvida que é um rude golpe nas aspirações do piloto luso, mas nada é impossível. Se o piloto da Yamaha demonstrar o nível que tem exibido principalmente ao longo da segunda semana do Dakar, o pódio ainda pode vir a ser uma realidade. A acontecer seria a terceira vez que Hélder Rodrigues iria concluir a maior prova de todo-o-terreno do mundo entre os três melhores.

 

Fonte: Motosport

 

Scroll To Top