Quarta-feira , Outubro 18 2017
ÚLTIMAS
Home / BREVES / História automóvel no Festival de Clássicos e Encontro Ibérico
História automóvel no Festival de Clássicos e Encontro Ibérico

História automóvel no Festival de Clássicos e Encontro Ibérico

 

O Festival Automóvel Clássico Guarda 2017 / 4º Encontro Ibérico, no último fim-de-semana, foi mais uma grande exibição na cidade mais alta. O encontro que serviu de descoberta da região e encontro dos amantes dos carros mais antigos contou com a presença de mais de 40 viaturas e cerca de uma centena de pessoas. A organização foi do Clube Escape Livre.

Na passadeira vermelha instalada na Praça Luis de Camões desfilaram modelos como Alfa Romeo 2000 GTV, Spyder, 4C, Brera e vários Porsche 911, os MG B e F, o Austin Healey e o Simca 1000, o Alpine Sunbeam e o Jaguar Svereign 3.2, diversos Mercedes-Benz, Volkswagen, Citroën 11, Mitsubishi, Volvo e tantos outros. Grandes modelos antigos, históricos e clássicos, lustrosos e bem cuidados que no domingo animaram a praça mais movimentada da cidade da Guarda, atraindo curiosos e entusiastas. O evento contou ainda com a surpresa da presença de alguns modelos que serão, no futuro, grandes clássicos, como é o caso do Mercedes-Benz AMG GT C, que atraiu todas as atenções.

E se o domingo foi destinado à exibição das viaturas, o programa começou, no sábado, com a descoberta paisagística, histórica e cultural de alguns concelhos e ex-libris do distrito da Guarda. A organização preparou dois programas distintos para as marcas automóveis presentes, conduzindo as caravanas a locais como o Museu Etnológico de Melo, Museu da Miniatura Automóvel de Gouveia, Cidadelhe, onde conheceram o afamado Pálio de Ouro, o Museu Municipal de Pinhel e Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo. De regresso à Guarda houve ainda oportunidade de visitar a Feira Farta, um certame onde estão reunidos produtores, artesãos, juntas de freguesia e associações de todo o concelho. A sé da Guarda foi palco de uma visita encenada, já no domingo de manhã, com a colaboração do Grupo Hereditas e que surpreendeu agradavelmente todos os participantes.

No passeio participaram nove viaturas provenientes da vizinha Espanha, graças à colaboração com o Museo de Historia de la Automocion de Salamanca (MHAS) que uma vez mais, e pelo quarto ano, foi um agente imprescindível na atracção dos clássicos à Guarda e na divulgação do evento, atribuindo-lhe um carácter ibérico.

Luis Miguel Mata, director do MHAS, referiu que “O Museo de Historia de la Automoción de Salamanca está orgulhoso de participar no quarto encontro de automóveis clássicos, celebrado desta vez por terras fronteiriças da Guarda. Entendemos que é uma magnífica oportunidade de unir os dois países através da paixão pelo automóvel e pelo coleccionismo dos carros clássicos”.

O Festival Automóvel Clássico Guarda 2017 foi uma organização do Clube Escape Livre, contou com o patrocínio da SPAL (responsável pelos troféus) e Intermarché e com o apoio institucional do Turismo do Centro de Portugal, municípios da Guarda, Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel e Gouveia, Museo de Historia de la Automocion de Salamanca e Museu da Miniatura Automóvel de Gouveia.

 

Scroll To Top