Segunda-feira , Dezembro 11 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / IPDJ atribui Prémio de Ética no Desporto ao piloto Paulo Gonçalves
IPDJ atribui Prémio de Ética no Desporto ao piloto Paulo Gonçalves

IPDJ atribui Prémio de Ética no Desporto ao piloto Paulo Gonçalves

O Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) atribui o Prémio de Ética no  Desporto a Paulo Gonçalves, o motociclista cuja atitude de fair play no Dakar foi  notícia em todo o mundo. O prémio de Ética no Desporto será atribuído na Gala da  Confederação do Desporto de Portugal, que terá lugar no dia 16 de Novembro, no  Casino do Estoril.

Na edição de 2016 do Dakar, na classe das motas, Paulo Gonçalves, piloto oficial da  Honda, liderava a geral da sua classe quando percebeu que o piloto Matthias Walkner,  seu rival, tinha sofrido um acidente grave. O piloto português podia ter seguido a  corrida, sabendo que a equipa médica iria socorrer o piloto acidentado, e não  incorrendo em qualquer tipo de penalização. Mas Paulo Gonçalves parou de imediato
para prestar auxílio e dar o alerta do sucedido, permanecendo com o piloto acidentado  até a equipa médica do Dakar chegar.
O gesto de Paulo Gonçalves incorpora na perfeição todos os valores que o Prémio de Ética no Desporto procura enaltecer. Para Lídia Praça, vogal do Conselho Diretivo do  IPDJ, “Promover a valorização e a afirmação do desporto pela positiva é um dos lemas  do IPDJ. É imperativo contrariar as tendências de violência e de falta de ética no  Desporto e sem dúvida que a ação do Paulo Gonçalves, enquadrada numa competição  deste nível, mereceu da parte do IPDJ, o devido reconhecimento público. Mantemos a  esperança de conquistar, com a valorização destes gestos, um desporto melhor.”

Sobre o acontecimento, Paulo Gonçalves afirmou: “Fiz aquilo que me competia. Se  fosse ao contrário, acredito que fizessem o mesmo por mim. O Dakar é uma aventura  de muito risco, de muito sacrifício, damos tudo por tudo ao longo de vários dias,  milhares de quilómetros, e o risco está sempre à espreita. Não sou um herói, sou um  ser humano com respeito pelos outros.”

O Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED), no qual se insere este prémio, recebeu  no passado mês de Outubro o prémio «Fairplay SPIRIT Award 2016», atribuído pelo  European Fairplay Movement.

Este importante Movimento Europeu de Fairplay, representa 42 países e diversas  entidades, tendo como objetivo divulgar e promover os princípios do Fair Play e a ética  desportiva na Europa.

 

Scroll To Top