Domingo , Agosto 20 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Jan Kopecky domina na República Checa (por Ricardo Nascimento)
Jan Kopecky domina na República Checa (por Ricardo Nascimento)

Jan Kopecky domina na República Checa (por Ricardo Nascimento)

A 45ª edição do Barum Czech Rally Zlín está na estrada desde a noite passada, onde se disputou uma super especial em Zlín que foi ganha por václav Pech Jr., especial essa que gerou alguma confusão nos tempos, depois de vários pilotos terem abrandado com sinais de bandeiras amarelas.

Na primeira especial disputada hoje, Robert Consani foi vitima de uma aparatoso acidente a alta velocidade, capotando várias vezes e deixar o DS3 muito mal tratado. No entanto, tanto Robert como Maxime nada sofreram.

Com o ritmo competitivo do último Rallye Deutschland, Jan Kopecký passou para a liderança no inicio da manhã de hoje, venceu todas as especiais e terminou o dia com 35,3s sobre o Mini de Václav Pech que foi o único piloto a dar luta ao checo da Skoda Motorsport.

Kajetan Kajetanowicz subiu à terceira posição na segunda especial de hoje e manteve-se assim até ao final do dia, mas já tem quase 1 minuto de atraso para Kopecký.

Numa altura em estava em luta direta com kajetanowicz, o irlandês Craig Breen furou dois pneus, um na quarta especial e outro na seguinte, caindo para fora do top 10, tendo recuperado entretanto até décimo primeiro.

Com os problemas de Breen, o local Tomáš Kostka passou para a quarta posição, mas ficaria parado com problemas dois troços mais tarde.

Quem acabou por beneficiar com estes problemas foi o russo Alexey Lukyanuk que sem ser especialista em pisos de asfalto, a quarta posição provisória é uma excelente prestação.

Pavel Valoušek Jr. também subiu até à quinta posição com os azares de Breen, Kosta e ainda de Jaromír Tarabus que ficou parado na segunda especial com uma avaria na bomba de óleo do novo Skoda.

Miroslav Jakeš (6º) e Jan Černý (7ª) estão envolvidos numa boa luta desde o inicio do rally, com ambos os pilotos a terminarem o dia separados por 8,4s.

O mesmo se passa com Charles Martin (8º) e o holandes Hermen Kobus (9ª) que terminaram o dia separados por apenas 1,9s e também não estão muito distantes de Jakeš e Černý.

Dávid Botka está a dominar o ERC2, com mais de 1 minuto de vantagem para o local Vojtěch Štajf e Dominikas Butvilas perdeu muito tempo com um pneu furado na super especial disputada ontem.

Diogo Gago tinha feito o melhor tempo entre os júniores na super especial, mas com a confusão dos tempos, a organização decidiu atribuir o mesmo tempo a todos os pilotos do Júnior ERC.
Esta manhã, a dupla portuguesa apanhou o norueguês Steve Rokland com problemas e ao ultrapassa-lo, os dois Peugeot tocaram-se e Gago saiu de estrada.

Na frente da competição, encontram-se os Opel de Bergkvist, Griebel e Zawada, mas o já campeão Emil Bergkvist foi beneficiado com o tempo que lhe foi atribuído ontem, depois do seu Adam R2 ter tido problemas elétricos durante a super especial, onde perdeu mais de 2 minutos!

dia 2

 

Scroll To Top