Terça-feira , Outubro 17 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Jerez recebe CNVT discutido a milésima
Jerez recebe CNVT discutido a milésima

Jerez recebe CNVT discutido a milésima

O circuito espanhol de Jerez de la Frontera recebe a quarta jornada do Campeonato Nacional de Velocidade Turismos (CNVT). Hoje, Sábado dia 10, tiveram lugar os treinos e as qualificações, discutidas à milésima, como convém, a prometerem duas grandes corridas para amanhã, Domingo. A primeira às 09.05h e a segunda às 15.30h, hora portuguesa.

1ª Qualificação

Numa pista que estava mais lenta em cerca de um segundo, devido ao grande calor que “apertava” à hora de almoço em Jerez de La Frontera, ninguém conseguiu fazer baixar as melhores marcas dos treinos livres.

A promessa de emoção das sessões da manhã cumpriu-se na primeira qualificação, em que Francisco Mora (Seat Leon) com 1m 56,469s foi o mais rápido, pela margem de 18 centésimas, sobre Rafael Lobato (Seat Leon) que assim vai partir da segunda posição da grelha para a primeira corrida de amanhã, com “um piscar de olhos” de diferença entre os dois primeiros.

Manuel Gião (VW Golf GTI) ficou a menos de duas décimas da pole-position e a 19 milésimas de ser segundo. Detém assim a terceira posição, com 13 centésimas de vantagem sobre Pierre Yves Corthals (Opel Astra).

Anti Buri (Seat Leon) foi quinto a 14 centésimas e realce-se que os cinco primeiros estão separados por menos de meio segundo. Nuno Batista (Seat Leon) foi sexto, à frente de José Rodrigues, Gustavo Moura e de Tiago Ribeiro (VW Golf), o melhor dos TCC.

 

2ª Qualificação

Anti Buri (Seat Leon), pelos vistos aproveitou bem a primeira sessão de qualificação e na segunda foi o mais rápido. Fez o tempo de 1m 56,131s, que lhe atribui a pole-position para a primeira corrida a ser disputada amanhã. Francisco Mora (Seat Leon), desta vez, foi 22 centésimas mais lento e assim vai dividir a primeira linha da grelha de partida.

Cesar Machado (Seat Loen) foi 38 centésimas mais lento do que mora e dessa forma arrebatou a terceira posição, com uma vantagem de quatro centésimas (!) sobre Francisco Abreu (VW Golf GTI).

Frederic Caprasse (Opel Astra) e Francisco Carvalho (Seat Leon) dividiram a terceira linha, à frente de Gustavo Moura (Opel Astra) e de Luís Soares Carneiro (VW Golf), o melhor dos TCC.

José Rodrigues optou por não participar na segunda qualificação, pois o Honda Civic não estava em perfeitas condições, devido a um toque durante os treinos livres.

jerez buri Anti Buri (Seat Leon)

Treinos Livres

Francisco Mora (Seat Leon TCR) afirmou-se como o mais rápido, logo no primeiro contacto que os pilotos do CNVT tiveram com o Circuito de Jerez de La Frontera. A sessão foi marcada por um grande equilíbrio de andamentos, com o Opel Astra de Pierre Yves Corthals e Frédéric Caprasse, a rodar apenas 26 centésimas mais lentos. Rafael Lobato e Cesar Machado (seat Leon) foram apenas uma décima mais lentos do que os homens do Opel.

Na segunda sessão de treinos livres Mora voltou a ser o mais rápido. Desta vez a oposição veio de Manuel Gião e Abreu (VW Golf TCR) com mais meio segundo. Antti Buri (Seat Leon) foi o terceiro com mais eis décimas do que a equipa do Golf.

 

Scroll To Top