Segunda-feira , Junho 25 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Joana Barbosa: “Este ano estamos mais confiantes e queremos evoluir os nossos resultados”
Joana Barbosa: “Este ano estamos mais confiantes e queremos evoluir os nossos resultados”

Joana Barbosa: “Este ano estamos mais confiantes e queremos evoluir os nossos resultados”

 

Joana Barbosa e a navegadora Sofia Mouta sagraram-se campeãs nacionais femininas de ralis em 2017 mas o objetivo para 2018 é colocar o Ford Fiesta R2T na melhor posição possível da classe RC4 do Campeonato de Portugal de Ralis. Época da piloto bracarense começa no emblemático Rali Serras de Fafe.

 

Depois de uma época de aprendizagem com o Ford Fiesta R2T, onde se sagrou campeã nacional feminina e terminou o Campeonato de Portugal de Ralis no top 5 da classe RC4, Joana Barbosa acredita que a temporada que terá início no próximo fim de semana, em Fafe, poderá marcar um ponto de viragem na sua evolução.

“De facto em 2017 descobrimos quase tudo: as características e a pilotagem do Fiesta, o formato e a extensão das provas do Nacional, os ralis em pisos de terra, enfim. Foi uma época de aprendizagem a vários níveis mas que nos permitiu acumular uma experiência importante”, analisa Joana Barbosa.“Este ano sinto que estamos mais preparadas e confiantes e por isso queremos evoluir os nossos resultados na classe. O campeonato penso que será equilibrado e há muitos carros inscritos para o Rali Serras de Fafe, que é uma prova mítica e que atrai sempre muitos pilotos e muito público. Só corremos em Fafe no ano passado e acho os troços espetaculares, normalmente alguns troços com bom pisoEspero que possamos mostrar a nossa evolução para começarmos bem o ano e acima de tudo desfrutarmos do rali.”, afirmou a piloto de Braga.

A edição de 2018 do Rali Serras de Fafe disputa-se no próximo sábado e domingo, começando com uma dupla passagem pelos emblemáticos troços de Lameirinha e Luílhas, a que se segue uma Super Especial citadina, a partir das 21h30, que terá transmissão televisiva em live streaming. No domingo, a prova minhota passará por mais três troços com grande tradição no panorama nacional, Montim, Ruivães/Confurco e Gontim, perfazendo o total de 122,3 quilómetros cronometrados.

 

Scroll To Top