Quinta-feira , Setembro 21 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / João Barros/Jorge Henriques foram os mais rápidos na especial de abertura e antecipam luta acesa para amanhã
João Barros/Jorge Henriques foram os mais rápidos na especial de abertura e antecipam luta acesa para amanhã

João Barros/Jorge Henriques foram os mais rápidos na especial de abertura e antecipam luta acesa para amanhã

 

 

Está na estrada a edição de 2015 do Rali de Castelo Branco, este ano 3ª prova do Campeonato Nacional de Ralis (CNR), depois de ter fechado a temporada de há um ano. Se na altura tudo estava decidido e o rali corria-se a feijões, já esta edição promete aquecer com a luta protagonizada pelos candidatos aos pontos que, no final do ano, poderão significar títulos. Tal ficou demonstrado logo na Super Especial “Jornal Reconquista”, troço de 2,2 km desenhado no centro de Castelo Branco e emoldurado por alguns milhares de espectadores, que nem com a chuva que teimava em cair arredaram pé, acumulando-se, nomeadamente, em redor da Rotunda Europa.

 

Entre os pilotos que disputam o CNR coube a João Barros/Jorge Henriques marcar a diferença, por margem muito escassa, de apenas 4 décimas de segundo, impondo o seu Ford Fiesta a carro idêntico de Ricardo Moura/António Costa, enquanto José Pedro Fontes/Miguel Ramalho (Citroen DS 3 R5) seriam os 3ºs mais rápidos, a 2 segundos do vencedor. “Foi um troço muito bom, o carro esteve fantástico”, diria o vencedor absoluto do troço no seu final. “Entrámos com o pé direito neste rali mas estou consciente que amanhã a luta vai ser muito grande com o Ricardo e com o Zé Pedro”.

 

Se Barros venceu esta especial de abertura e, com isso, a categoria RC2, nos restantes escalões as lutas dividiram-se entre alguns dos protagonistas e alguns ‘outsiders’. Nos RC2N, Adruzilo Lopes/Vasco Ferreira (Subaru Impresa R4) deixou Nelson Trindade/Roberto Santos (Mitsubishi Lancer Evo IX), a 4,5 segundos, afirmando no final: “entrámos no troço de modo tranquilo e queremos lutar pela vitória no Grupo N. Se as condições de tempo permitirem, poderemos, eventualmente, minimizar as diferenças para os mais rápidos e conseguir um bom lugar à geral”.

 

Carlos Vieira/Luis Ramalho e Gil Freitas/Jorge Carvalho (ambas as duplas em Porsche 997 GT3 Cup e os únicos em RGT em prova) acabaram separados por 2 segundos, com vantagem para o primeiro. Entre os concorrentes com modelos de tracção à frente, João Ruivo/António Magalhães (Renault Clio R3) e Ricardo Marques/Paulo Marques (Renault Clio R3T) foram os mais rápidos, registando uma diferença de 2,6 segundos entre si, sendo também os melhores do grupo RC3. Algo apreensivo para amanhã “espero que o tempo não nos pregue partidas”, Ruivo afirmou no final do troço ser sempre “agradável ficar à frente das duas rodas motrizes. Tentámos ser rápidos e dar espetáculo e correu bem!”

 

Na categoria RC4 a luta deu-se entre Renato Pita/Luis Cavaleiro (Peugeot 208 R2) e David Brites/Pedro Vaz (Peugeot 206), com vantagem para o primeiro por uma única décima de segundo! Acrescente-se que Brites foi o mais rápido entre os Iniciados, impondo-se a Pedro Antunes/Filipe Fernandes (Citroën C2) por 2,1 segundos.

 

Entre os concorrentes do Challenge DS3, todos em Citroën DS 3 R1 e integrados no grupo RC5, Ricardo Roda/Eurico Adão bateu Ricardo Sousa/Carlos Silva por 3,1 segundos e André Rodrigues/António Rodrigues por 6,7 segundos.  “Fizemos um bom troço, apesar do piso muito escorregadio e pelo facto de estar a usar estes pneus à chuva pela primeira vez, tendo algum cuidado nas travagens” disse Roda. “Amanhã queremos lutar pela vitória”.

 

Rali de Castelo Branco (Camp Nacional de Ralis) – Classificação PEC 1

1º João Barros/Jorge Henriques (Ford Fiesta), 1m49,9s e 1º RC2

2º Ricardo Moura/António Costa (Ford Fiesta), a 0,4s

3º José Pedro Fontes/Miguel Ramalho (Citroën DS 3 R5), a 2,0s

7º Adruzilo Lopes/Vasco Ferreira (Subaru Impresa R4) – 1º RC2N

8º João Ruivo/António Magalhães (Renault Clio R3) – 1º RC3

12º Carlos Vieira/Luis Ramalho (Porsche 997 GT3 Cup) – 1º RGT

15º Renato Pita/Luis Cavaleiro (Peugeot 208 R2) – 1º RC2

16º David Brites/Pedro Vaz (Peugeot 206) – 1º Iniciados

26º Ricardo Sousa/Carlos Silva (Citroën DS 3 R1) – 1º Challenge DS3

 

Scroll To Top