Quarta-feira , Abril 25 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / João Batista e Gustavo Moura dominaram em Portimão
João Batista e Gustavo Moura dominaram em Portimão

João Batista e Gustavo Moura dominaram em Portimão

Definitivamente este foi o fim-de-semana de João Batista e Gustavo Moura. Voltaram a vencer, mas desta feita a vitória foi tudo menos fácil. Partiram na frente, mas tinham uma enorme pressão de José João Magalhães e Afonso Cidrais.

Entretanto, à liça juntava-se o Alfa-Romeo 156 de Paulo Ribeiro e António Ferreira, que tinham uma vista privilegiada sobre as trocas de posições que iam acontecendo na frente.
Com a corrida mais ou menos a meio, os dois da frente continuavam entretidos a trocar de lugares e a liderança da prova ia alternando uma vez para a dupla Batista/Moura, outra para JJ e Cidrais.

Lá de trás vinha o carro de Luís Carneiro e Paulo Moreira. Com trocas de pilotos à mistura, ainda passava pela cabeça da corrida e por lá ia ficando a vantagem era grande e parecia que tudo estava controlado, mas pouco depois recebem a informação de que tinham de cumprir um “drive-throug”.

João Batista e Gustavo Moura recuperavam tempo e pouco depois a primeira posição, enquanto os até aí lideres perdiam tempo a passar pelas boxes.

No que diz respeito ao pódium do Challenge Desafio Único FEUP 3, estávamos conversados Batista e Moura vencem, com 25,587s de vantagem sobre Luís Carneiro e Paulo Moreira, que cortaram a meta com José João Magalhães e Afonso Cidrais, a meio segundo… em 50 minutos de corrida é obra!

No Challenge Desafio Único FEUP 2 os vencedores foram de novo Tiago Vilela e Hugo Negrais e tal como no FEUP 3, mais uma vez foi uma vitória arrancada a ferros.
André Pinto e Jorge Setas começaram na frente. Raúl Delgado e Paulo Varge andavam bem próximos. A distância entre os dois primeiros, era muitas vezes idêntica à de uma par que parachoques.

Manuel Fernandes e Diogo Ferrão eram terceiros, mas volvidas algumas voltas já era o Punto de Tiago Vilela e Hugo Negrais que andava na terceira posição e a andar forte. Aproxima-se de Raúl Delgado e Paulo Varge.

Na fase final da corrida, Vilela e Negrais estão a incomodar os primeiros classificados, André Pinto e Jorge Setas, já quase com a meta quase à vista passam para primeiros e vencem mais uma, com uma vantagem de quatro segundos sobre André Pinto e Jorge Setas. Vinte segundos depois Manuel Fernandes e J. Machado eram os terceiros classificados.

 

Scroll To Top