Terça-feira , Outubro 17 2017
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / João Ramos e Vitor Jesus em 7º lugar e melhor equipa privada na “Baja Aragón”
João Ramos e Vitor Jesus em 7º lugar e melhor equipa privada na “Baja Aragón”

João Ramos e Vitor Jesus em 7º lugar e melhor equipa privada na “Baja Aragón”

 

Na 34ª edição da prova “Baja Aragón” com partida e chegada da cidade de Teruel, prova a contar para a Taça do Mundo FIA e Taça Ibérica de todo-o-terreno, João Ramos e Vitor Jesus aos comandos da Toyota Hilux terminaram no 7º lugar da geral a melhor posição entre as equipas privadas e melhor equipa portuguesa.

 

Numa prova dominada por um traçado de diferentes contrastes, João Ramos e Vítor Jesus realizaram uma prova à sua imagem, sempre muito rápidos, com o terceiro lugar no prologo. No segundo dia mantiveram a posição de melhor equipa portuguesa, terminando depois o último dia com um sétimo lugar na SS4, correspondente à mesma classificação final da prova, numa lista de inscritos altamente competitiva entre as equipas oficiais.  Nasser Al Attiyah repetiu a vitória de 2016, também em Toyota Hilux, sendo o top 10 final composto por: 2º O.Terranova/P.Fiuza, 3º M.Hirvonen/A.Schulz, 4º J.Roma/A.Haro, 5º Poulter/D.Zitzewitz, 6º Przygonski/X.Panseri, 7º J.Ramos/V.Jesus, 8º M.Prokop/J.Tománek, 9º M.Zapetal/M.Sykora e 10º R.Porém/H.Magalhães.

 

João Ramos, mostrou-se muito satisfeito com a sua prestação: “Começamos e terminamos muito bem, mas podia ser melhor, sétimo da geral e primeiro privado. No primeiro dia, no prólogo, fizemos o 3º melhor tempo, sendo o top 5 preenchido com Roma a vencer, 2º Nasser, 3º Ramos, 4º Poulter, 5º Hirvonen.

No terceiro e último dia, a Baja de Aragón fechava com uma classificativa de 184kms, onde desfrutei de conduzir a Hilux num percurso técnico e muito rápido. Nesta classificativa não fui prejudicado pelo pó, ao contrario do 1°sector seletivo em que percorri cerca de 180 Kms no pó de outro piloto, onde por vezes tinha saídas de pista, que levaram a reduzir o andamento para não correr riscos, o que acabou por impedir um melhor resultado.”

 

Scroll To Top