Segunda-feira , Outubro 23 2017
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / João Rebelo Martins: a vitória de terminar 
João Rebelo Martins: a vitória de terminar 

João Rebelo Martins: a vitória de terminar 

 

Dupla portuguesa em Yamaha 3º na etapa e 4º à geral

 

 

João Rebelo Martins concluiu a sua participação no Panafrica Rally cumprindo o objetivo a que se propôs desde início, terminar esta grande competição africana. O piloto natural de Oliveira de Azeméis conquistou hoje a terceira posição entre os SSV naquela que foi a quinta e derradeira etapa de 106 quilómetros cronometrados, com a qual se encerra a 14ª edição do Panafrica Rally. Com este resultado, João Rebelo Martins conquistou o quarto posto na classificação geral da sua categoria.

 

A dupla João Rebelo Martins e Valter Cardoso, aos comandos de um Yamaha YXZ 1000R, que conquistou por das vezes um terceiro lugar nesta conpetição mostra-se satisfeita co o resultado:

“Chegamos ao final do Panafrica Rally. Foram seis dias de etapas exigentes e complexas para a navegação e pilotagem, mas penso que para a primeira prova nestas condições de dunas, dunetes, deserto e montanhas, superamos com sucesso o objectivo a que nos tínhamos proposto que era adquirir o maximo de experiência neste tipo de “provas maratonas”. Independentemente quarto lugar na classificação geral (que confesso não estava sequer nos meus planos alcançar) soubemos sempre ultrapassar todos os obstáculos e adversidades que nos foram aparecendo durante os dias. Ficámos co uma boa boa bagagem neste tipo de provas, mas acima de tudo com o sentimento enorme de dever cumprido. A etapa de hoje tinha tanto de bonita como de traiçoeira. Foram muitos quilómetros de areia realizados nas dunas do Erg Chebbi onde as referências não existem, por isso a navegação foi crucial. Conseguimos um terceir lugar na etapa de hoje, o que me deixou completamente rendido e viciado pelas dunas, refer Valter Cardoso.

 

O Panafrica Rally teve início no dia 23 de Setembro. Hoje termina com a entrega de prémios em Erfoud, de onde partia e chegava diariamente a comitiva. O percurso em forma de “boucle, contou com um prólogo e cinco etapas uma das quais maratona, num total de mais de 1300km’s que percorreram uma diversidade de paisagens e de terrenos a oscilar entre dunas e pistas duras e rápidas.

 

Scroll To Top