Quarta-feira , Janeiro 17 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / José Rodrigues com experiência positiva no TCR Benelux em Zolder na Bélgica
José Rodrigues com experiência positiva no TCR Benelux em Zolder na Bélgica

José Rodrigues com experiência positiva no TCR Benelux em Zolder na Bélgica

 

Experiência positiva é que se pode dizer da presença de José Rodrigues na jornada do TCR Benelux, que pontuou também para o Campeonato Europeu, no circuito belga de Zolder este fim-de-semana.
O piloto bracarense fez equipa com Francisco Mora, seu adversário no Campeonato Nacional de Velocidade Turismo, e não esteve aos comandos do seu habitual Honda Civic TCR, mas de um Seat Leon TCR
Com as dificuldades inerentes ao desconhecimento do carro e do circuito, José Rodrigues conseguiu superá-las da melhor forma possível: “Julgo que o regulamento belga não beneficia, em nada, os pilotos de fora, pelo facto de só haver 20 minutos de treino para cada piloto. Mas, mesmo assim, acho que tive uma adaptação muito rápida ao Seat TCR (DSG) e ao traçado”, explicou o piloto, prosseguindo: “Na sessão de treinos livres, e na corrida de qualificação, aproveitei para me adaptar, ainda sem rodar com pneus novos. Na primeira corrida, arranquei do 11º lugar, e logo consegui recuperar algumas posições. Estive a rodar grande parte do tempo no grupo dos 6 da frente, logo atrás do Matt Neal, mas um pequeno erro, fez-me perder uma posição e terminei depois em oitavo”.
Para a segunda abordagem à pista, agora com partida lançada, o azar bateu-lhe à porta: “Saindo mais à frente e, cada vez mais adaptado ao carro e á pista, poderia ter atacado os primeiros lugares, mas um despiste de um adversário logo na primeira curva, retirou-me da corrida. Mesmo com muito cuidado, não consegui evitar o toque”, explicou José Rodrigues, que considerou esta participação no geral: “Uma experiência positiva, onde consegui ganhar ritmo competitivo e andar rápido com condições diferentes das que estou habituado. Agora o foco é a próxima prova em Jerez La Frontera (Espanha), onde quero continuar na senda dos bons resultados no Campeonato Nacional de Velocidade”, concluiu o piloto com o apoio do Sport Lisboa e Benfica, BP Ultimate, Aurecom, McDonald`s Braga, Inimigo, Inpressionante, General Autocentro, Pronto – Lojas de Conveniência, Rodareas, e Camac.
Acrescente-se ainda que Francisco Mora, que disputou a terceira e quarta corridas, conseguiu ser sexto na primeira, obtendo depois na derradeira um lugar no pódio, ao ser terceiro classificado.

 

Scroll To Top