Sexta-feira , Dezembro 15 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / José Rodrigues e Sport Lisboa e Benfica apostam forte rumo ao título no Campeonato Nacional de Velocidade de Turismos
José Rodrigues e Sport Lisboa e Benfica apostam forte rumo ao título no Campeonato Nacional de Velocidade de Turismos

José Rodrigues e Sport Lisboa e Benfica apostam forte rumo ao título no Campeonato Nacional de Velocidade de Turismos

 

O Autódromo do Estoril recebe nos dias 26 e 27 de Novembro a derradeira etapa do Campeonato Nacional de Velocidade Turismos, jornada onde José Rodrigues tem uma palavra a dizer na discussão do título nacional.
Atualmente o piloto de Braga está no quinto lugar em termos absolutos, mas a diferença pontual para a primeira posição é perfeitamente recuperável, pois cifra-se apenas em 26 pontos quando há ainda 106 em disputa distribuídas pelas quatro corridas «Sprint» deste encerramento de temporada.
José Rodrigues conta este ano com cinco presenças no pódio, entre as quais uma vitória no mítico Circuito de Vila Real, e não são mais, porque na última prova disputada já em Setembro, em Jerez de La Frontera, Espanha, foi-lhe retirada essa presença com uma penalização.
Agora, depois deste longo interregno, o piloto da capital do Minho aponta todas as suas forças rumo ao título nacional, neste seu primeiro ano na principal categoria do automobilismo de velocidade nacional: “Chegamos ao Estoril com a certeza que qualquer um dos cinco atuais candidatos pode vencer. Isso mostra a qualidade presente no atual campeonato. Talvez o mais forte a nível competitividade/qualidade nos lugares da frente dos últimos anos“ refere o piloto, sublinhando: “Será um fim‑de‑semana de nervos e de muita emoção“.
De qualquer forma, o piloto da capital do Minho parte com toda a motivação: “Tenho a certeza que vou ter uma palavra a dizer na luta pelo título de campeão nacional. Enquanto for possível matematicamente, vou dar tudo dentro de pista”.
Nesta sua primeira época no Campeonato Nacional, José Rodrigues considera que tem: “Evoluído muito neste tipo de carros e sinto que fiz uma progressão enorme durante esta época com o apoio da JAS. Sinto-me preparado para qualquer desafio. Quem nos acompanhou sabe que, em condições normais, estaríamos no topo da tabela, mas alguns problemas adversos à equipa não o permitiram. Mas seja qual for o desfecho do Estoril, penso que foi um ano positivo porque para mim piloto, e para a equipa GEN Motorsport, num ano de estreia, estar logo ao mais alto nível do panorama nacional é francamente positivo“, concluiu o piloto com o apoio do Sport Lisboa e Benfica, BP Ultimate, Aurecom, McDonald`s Braga, Inimigo, Inpressionante, General Autocentro, Pronto – Lojas de Conveniência, Rodareas, Camac e Raceland.

 

Scroll To Top