Sábado , Agosto 19 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / José Rodrigues vence de forma brilhante em Vila Real
José Rodrigues vence de forma brilhante em Vila Real

José Rodrigues vence de forma brilhante em Vila Real

 

José Rodrigues conseguiu este fim-de-semana concretizar um sonho que tinha, ou seja, vencer no Circuito de Vila Real e logo na primeira época em que está a disputar o Campeonato Nacional de Velocidade Turismos.
O feito brilhante do piloto de Braga, foi concretizado na segunda corrida desta segunda jornada da época que foi abrilhantada pela presença do Campeonato do Mundo de Viaturas de Turismo (WTCC).
José Rodrigues já tinha mostrado na qualificação que estava muito forte, ao ser o mais rápido na segunda sessão, e na derradeira corrida no traçado transmontano, arrancou em primeiro e geriu os acontecimentos a seu favor, liderando de início a fim: “É inacreditável vencer, estou sem palavras, na minha segunda prova no panorama mais alto da velocidade nacional e logo em Vila Real”, começou por dizer o piloto do Sport Lisboa e Benfica, continuando: “Chegar, fazer a “Pole-Position”, a volta mais rápida na corrida, e vencer, é fantástico e estou a viver o dia mais positivo, até agora, da minha carreira desportiva”.
Nesta hora, José Rodrigues não esqueceu de dedicar o triunfo: “À minha filha que faz hoje cinco meses, e ao meu pai que é incansável em tudo”. Já quanto à corrida: “Foi de ataque total em todas as voltas, como fosse sempre a primeira. Estive tão focado em atacar que tudo o resto foi esquecido”, acrescentou.
No sábado, teve lugar a primeira corrida, onde o piloto bracarense arrancou em quinto, depois de uma qualificação em que não conseguiu fazer uma volta limpa. já se sabia que a tarefa de José Rodrigues não era fácil de chegar à frente. Mesmo assim, fez uma corrida inteligente e foi quarto: “Foi uma corrida positiva porque a estratégia era mais cautelosa. Consegui arrancar bem, ganhando de imediato um lugar. Ainda na primeira volta, numa travagem, voltei ao quinto lugar, pois o Manuel Gião arriscou muito. A seguir decidi controlar a disputa dos dois adversários que seguiam na minha frente. Sabia que eles iam perder tempo e na última volta cheguei-me a eles, ultrapassei um e cheguei a quarto. Estava com um ritmo muito forte, e mesmo na última volta podia ter chegado ao pódio, mas o Manuel Gião fechou bem e não deu”, explicou o piloto apoiado pelo Sport Lisboa e Benfica, BP Ultimate, Aurecom, Inpressionante, Inimigo, Mcdonald`s Braga, Restaurante A Flor do Sal, General Autocentro, Pronto – Lojas de Conveniência, Rodareas e Camac Pneus.
O

Campeonato Nacional de Velocidade prossegue nos dias 9 e 10 de Julho no Autódromo Internacional do Algarve em Portimão.

 

Scroll To Top