Quarta-feira , Agosto 23 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Kajetan Kajetanowicz sagra-se campeão europeu (por Ricardo Nascimento)
Kajetan Kajetanowicz sagra-se campeão europeu (por Ricardo Nascimento)

Kajetan Kajetanowicz sagra-se campeão europeu (por Ricardo Nascimento)

O Acropolis Rally ficou marcado por condições atmosféricas pouco convidativas para se disputar um rally em pisos de terra. Para além da Qualifying Stage, apenas a segunda especial esteve com piso seco e um pouco da última que foi disputada, mas nas restantes, a lama era tanta que era difícil andar para a frente. O rally acabou por acabar mais cedo com o cancelamento das três últimas especiais.
A primeira especial esteve extremamente perigosa, com partes que era quase impossível para um carro de duas rodas motrizes. Nesse mesmo troço, a dupla portuguesa Bruno Magalhães e Hugo Magalhães ficaram parados depois de um amortecedor dianteiro ter partido os apoios e sair pelo capot.
Da mesma equipa e na mesma especial, Robert Consani não teve aviso prévio e foi obrigado a desviar-se de um carro, acabando por sair de estrada na escorregadia especial e abandonar.

O vencedor desse terrível troço foi o polaco Kajetan Kajetanowicz, mas viria a baixar para segundo, após o local Lambros Athanassoulas ter sido o mais rápido na segunda e última especial do primeiro dia que se disputou de noite, terminando assim a etapa na liderança, seguido pelo polaco e pelo irlandês Craig Breen na terceira posição.

A chuva voltou a cair com bastante intensidade durante a noite e fez regressar todos os problemas da primeira especial do dia anterior. Kajetanowicz venceu a primeira especial, regressou à liderança, mas Craig Breen respondeu com duas vitórias em especiais nos dois troços seguintes e passou para a frente com uma boa vantagem.

No entanto, na sexta e última especial do rally, o capot do Peugeot acabou por abrir-se em plena especial e Breen perdeu mais de 40 segundos para Kajetanowicz que acabou por vencer o rally e sagrar-se campeão europeu pela primeira vez.

O local Lambros Athanassoulas conseguiu um excelente terceiro lugar a 5,3s de Breen num rally muito difícil, ao volante do novo Skoda Fabia R5 da Motorsport Itália.
Alexey Lukyanuk apanhou Jourdan Serderidis na primeira especial, sofreu uma penalização de 10 segundos na ligação por ter chegado atrasado, mas estava tranquilo na quarta posição até um erro de notas o ter feito ir contra uma parede, danificando a direção e uma transmissão.
Com o abandono do russo, o checo Jaromír Tarabus aproveitou para subir à quarta posição, na frente de Dávid Botka que foi o vencedor do ERC2 e passou para a liderança do mesmo. O discussão do título ficará para o último rally.

Raul Jeets foi sexto do principio ao fim do rally, evitando problemas maiores, mas se o rally não tivesse terminado mais cedo, Domynikas Butvilas poderia ter terminado na sexta posição pois, o lituano vinha a recuperar e terminou a menos de 10 segundos de Jeets.

Antonin Tlust’ák voltou a terminar nos lugares pontuáveis e de forma tranquila pois, o local Petros Panteli estava a quase 3 minutos de distância e Jourdan Serderidis com mais 1,8s do que Panteli.

1º Kajetan Kajetanowicz / Jaroslaw Baran (POL) Ford Fiesta R5 1:32:11.1
2º Craig Breen / Scott Martin (IRL/GBR) Peugeot 208 T16 +10.0
3º Lambros Athanassoulas / Nikolaos Zakcheos (GRE) Skoda Fabia R5  +15.3
4º Jaromir Tarabus / Daniel Trunkat (CZE) Skoda Fabia S2000 +03:12.5
5º David Botka / Peter Szeles (HUN) Mitsubishi Lancer Evo IX +03:54.5
6º Raul Jeets / Andrus Toom (EST) Ford Fiesta R5 +04:30.9
7º Dominykas Butvilas / Kamil Heller (LTU/POL) Subaru Impreza STI +04:40.6
8º Antonin Tlust’ák / Ladislav Kucera (CZE) Skoda Fabia S2000 +08:48.2
9º Petros Panteli / Constantinos Constantinou (GRE) Mitsubishi Lancer Evo IX +11:44.0
10º Jourdan Serderidis / Frederic Miclotte (GRE/BEL) Citroën DS3 R5 +11:45.8

 

Scroll To Top