Sábado , Dezembro 16 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Kevin Magnussen como dia muito produtivo
Kevin Magnussen como dia muito produtivo

Kevin Magnussen como dia muito produtivo

Kevin Magnussen teve outro dia produtivo aos comandos do Haas VF-17, durante o segundo dia dos testes de pré-temporada, esta terça-feira no Circuit Barcelona – Catalunya. Depois de ter entrado no circuito de 4,655 quilómetros e dezasseis curvas o mais cedo possível, às 9h00 locais, nove horas depois Magnussen tinha completado cento e dezoito voltas, totalizando 549,29 quilómetros, mais que qualquer outro piloto.

 

Este resultado duplicou o total que Magnussen alcançou na segunda-feira, quando realizou cinquenta e uma voltas, e suplantou o máximo de quilómetros que a Haas F1 Team tinha alcançado em qualquer outro teste. Até esta terça-feira, o máximo que a Haas F1 Team tinha alcançado num dia de testes em Barcelona tinha sido 105 voltas, a 18 de Maio de 2016.

 

Para além de ter sido quem mais voltas completou, Magnussen permaneceu rápido. Realizou o quarto tempo do dia, com uma volta efectuada em 1m22,204s durante a sua centésima terceira volta, tinha montados pneus Pirelli P Zero Vermelho/Super-Macio.

 

Magnussen começou a sessão matinal com uma série de voltas de reconhecimento, primeiro usando pneus duros, para depois optar por médios e macios. Após cinco voltas para verificar sistemas, foi tempo para realizar séries de voltas, primeiro com médios e depois com macios. Quando o relógio se aproximou da pausa para almoço, os tempos de Magnussen foram baixando. A sua melhor marca da manhã foi de 1,23,200s, alcançada com pneus macios durante a sua trigésima sexta e última volta da sessão, o que o colocou no quarto posto.

 

O segmento vespertino viu a Haas F1 Team experimentar quase todos os pneus da gama da Pirelli, com os duros, médios, macios e super-macios entrarem ao serviço. Magnussen tirou o máximo partido da segunda metade do dia de trabalho, completando oitenta e duas voltas. A equipa treinou paragens nas boxes, montando pneus novos no Haas VF-17, para depois enviar Magnussen de novo para a pista. Os super-macios forneceram mais aderência e Magnussen, sem surpresa, bateu a sua melhor marca do dia a trinta minutos da bandeirada de xadrez.

 

Kimi Raikkonen, da Scuderia Ferrari, assinou a volta mais rápida (1m20,960s) e foi o segundo que mais voltas completou (108).

 

Nuno Dinis

 

Scroll To Top