Domingo , Outubro 21 2018
ÚLTIMAS
Home / BLOG / KONICA MINOLTA E JORNAL DO CENTRO APADRINHAM VEÍCULOS DO MUSEU DO CARAMULO
KONICA MINOLTA E JORNAL DO CENTRO APADRINHAM VEÍCULOS DO MUSEU DO CARAMULO

KONICA MINOLTA E JORNAL DO CENTRO APADRINHAM VEÍCULOS DO MUSEU DO CARAMULO

O Museu do Caramulo conta com dois novos padrinhos para a sua colecção automóvel: a multinacional Konica Minolta e o Jornal do Centro.

Os veículos apadrinhados são o Lola B05/40 EAR Turbo de 2005 e o Chrysler Imperial de 1937, dois imponentes exemplares da colecção automóvel do museu, que representam duas vertentes distintas do sector automóvel: os automóveis de competição e os automóveis históricos.

O Lola B05/40 foi projectado para desenvolver carreira nas altas esferas da competição, tais como Le Mans, pois conseguia um excelente desempenho com baixos custos de produção e de funcionamento. Exemplo disso foi a permanente presença na grelha de Le Man Series das equipas que correram com este modelo. Por sua vez, o Chrysler Imperial de 1937, considerado “um dos Chrysler com mais história em Portugal”, marcou não só a presidência de Salazar mas protagonizou também uma das mais mediáticas fugas de uma prisão portuguesa, de oito militantes do PCP, e da qual ainda hoje guarda marcas de balas nos vidros.

O apoio das duas empresas foi concretizado em serviços, que permitiram ao Museu do Caramulo optimizar o seu funcionamento e gestão, durante o ano de 2015 e junta-se a outros apoios já existentes, de empresas como a SIVA, a HUF Portuguesa, a Brose, a NORS ou a Tudor.

O Programa de Apadrinhamento foi lançado pelo Museu do Caramulo em 2011 e visa criar uma associação mais directa entre as empresas ou particulares com os veículos ou peças de arte das colecções permanentes do museu.

 

Scroll To Top