Quinta-feira , Setembro 21 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Lamy não foi feliz no México
Lamy não foi feliz no México

Lamy não foi feliz no México

Pedro Lamy foi obrigado a abandonar as 6 Horas do México, prova pontuável para o Campeonato do Mundo de Resistência, disputada ontem no Autódromo Hermanos Rodriguez. Com uma corrida bastante atribulada desde o início, Pedro Lamy viu o seu Aston Martin Vantage V8 ser ainda abalroado pelo Ford GT de Stefan Mucke e Olivier Pla sendo obrigado a abandonar prematuramente a prova mexicana.

Lamy e os seus companheiros de equipa Mathias Lauda e Paul Dalla Lana haviam conseguido a Pole-Position entre os carros da categoria GTE Am, contudo, nas verificações técnicas após a qualificação, os comissários detetaram que o Aston Martin #98 estava 1mm mais baixo (altura ao solo) do que o permitido pelo regulamento, com o piloto português a ser obrigado a arrancar da última posição da grelha. “Foi uma corrida para esquecer. Foi tudo estranho, desde a situação após a qualificação que nos obrigou a arrancar da última posição, até ao incidente com o Ford GT que acabou por ditar o nosso abandono. Estávamos a recuperar, a fazer a nossa corrida, mas infelizmente acabámos por ficar de fora. Foi um fim-de-semana para esquecer. Agora temos que nos concentrar nas provas que faltam e tentar fazer o melhor possível”, referiu o piloto português no final da corrida.

A próxima corrida de Pedro Lamy no Mundial de Resistência terá lugar no Circuito das Américas, EUA, a 17 de Setembro.

 

Scroll To Top