Sexta-feira , Setembro 21 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Latvala vence no asfalto francês (por Paulo Homem-www.ralisonline.net)
Latvala vence no asfalto francês (por Paulo Homem-www.ralisonline.net)

Latvala vence no asfalto francês (por Paulo Homem-www.ralisonline.net)

O derradeiro dia do Rallye de France teve poucas mexidas na classificação do dia anterior mas, contou com um resultado histórico e o campeonato ficou relançado.

Com receio de cometer o mesmo erro que fez na Alemanha, Jari-Matti Latvala não venceu hoje qualquer troço, limitou-se a controlar quem vinha atrás, conseguiu obter a sua primeira vitória em pisos de asfalto e regressou à luta pela vitória do campeonato.

Andreas Mikkelsen não conseguiu acompanhar Latvala mas, voltou a obter pela terceira vez este ano, um segundo lugar final, sendo cada vez mais, um sólido terceiro classificado no campeonato.

Kris Meeke também voltou a terminar pela terceira vez esta temporada na terceira posição, sendo de novo o melhor dos outros sem ser um Volkswagen. A evolução do britânico tem sido notória na segunda parte do campeonato, estando na luta pela quarta posição na tabela dos pontos.

Robert Kubica venceu o primeiro troço do dia, subiu à quarta posição e continuou a ganhar terreno aos seus adversários mas, na Power Stage, o polaco voltou a deitar tudo a perder quando saiu de estrada e abandonou no derradeiro troço, naquele que seria o seu melhor resultado de sempre no WRC.

Com o erro de Kubica, Dani Sordo recuperou a quarta posição e conseguiu sempre manter Mikko Hirvonen atrás de si, numa luta que esteve acesa desde o primeiro dia, ficando a diferença final entre os dois de apenas 12 segundos.

Mads Østberg e Elfyn Evans entraram para o derradeiro dia com uma diferença de 12,2s. Após os dois primeiros troços do dia, Evans reduziu a diferença para Østberg em 0,2s mas, depois o norueguês reagiu e venceu o penúltimo troço, aumentando a vantagem para 1,8s. Na Power Stage, Evans obteve dois pontos extra e bateu Østberg no final depois deste ter feito um pião. O jovem da M-Sport efetuou o segundo melhor tempo em todos os troços de hoje e só não foi o piloto mais rápido do dia por 1,3s, depois de Ogier ter vencido a Power Stage com uma vantagem de 9 segundos para Evans.

Thierry Neuville conseguiu passar à frente de Bryan Bouffier, com os dois Hyundai a terminarem em oitavo e nono respetivamente. O piloto belga dizia no final que para ser competitivo em Espanha, haverá muito trabalho a fazer no i20 WRC.

Martin Prokop conseguiu regressar ao top 10 após o abandono de Kubica e somar mais um ponto no campeonato, com a sua estrutura privada, na frente de Maurin, Kuipers e Ogier que recuperou até à décima terceira posição.

Kevin Abbring conseguiu levar o Peugeot até ao final sem as avarias do costume, depois das novas evoluções estreadas neste rally. O holandês foi sempre o melhor dos RC2 e a Peugeot Rally Academy poderá encarar os derradeiros eventos do ERC com outra confiança.

Quentin Gilbert e Bernardo Sousa foram outros dois pilotos que lutaram do principio ao fim, tal como alguns no top 10. O francês acabaria por vencer no WRC2 mas, Bernardo Sousa está de parabéns por esta excelente prestação e ainda conseguiu subir alguns lugares no campeonato.

Alastair Fisher venceu o WRC3 e o JWRC, secundado pela nova revelação que dá pelo nome de Eric Camilli, depois deste já ter dado nas vistas durante o Rally da Alemanha. No entanto, a quarta posição alcançada por Stéphane Lefebvre, permitiu-lhe obter a vitória no campeonato do JWRC e terá como prémio um DS3 R5 no próximo ano para disputar o WRC2.

 

Scroll To Top