Sábado , Dezembro 16 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Leiloav/Correia Motorsport com rali difícil mas objectivos foram cumpridos
Leiloav/Correia Motorsport com rali difícil mas objectivos foram cumpridos

Leiloav/Correia Motorsport com rali difícil mas objectivos foram cumpridos

 

Mortágua foi o palco da penúltima prova do Campeonato Nacional de Ralis e onde os pilotos e máquinas do Critério Ralis Centro se juntaram e deram espectáculo ao muito público presente. Com passagem pela Super Especial e pelas especiais de Rigueiras (9,20km) e de Tojeira (18,5 km) pilotos e máquinas partiram à descoberta dos fantásticos troços de terra daquela região. Para a equipa Leiloav/Correia Motorsport os objectivos foram cumpridos apenas com a excepção de João Parracho e Fábio Reis (Ford Sierra) que não chegaram ao fim por despiste que felizmente não trouxe consequências físicas a piloto e navegador.

“O Rali de Mortágua tem troços lindíssimos mas muito demolidores. Iniciamos bem mas depois perdemos um pouco a confiança quando o Micra fugiu um pouco de traseira e nos assustou mas depois ultrapassamos isso e no troço maior arriscámos e divertimo-nos imenso. Foi um rali onde a concorrência esteve forte e deu luta tendo esta vitória na classe ainda mais sabor e onde alcançamos um bom 6º lugar à geral. Pelas nossas contas somos os virtuais campeões da classe SX-1. Agora vamos preparar o carro para a o Constálica Rallye de Vouzela e tentarmos vencer a exemplo do ano passado”, afirmou Miguel Franco, navegado por Filipe Oliveira.

_MG_2664Iniciando o rali ao ataque como tinha prometido, Filipe Abrantes e António Almeida levaram o Citroen Ax ao 9º lugar da geral. Para o aguedense, “ Foi um bom rali. As especiais eram muito técnicas e o Ax ia com algumas falhas: Na primeira especial nalgumas zonas quase que desligava quando usava a embraiagem mas mesmo assim permitiu-nos chegar ao fim e divertirmo-nos bastante. Foi mais um rali onde já estivemos melhor. Continuamos a nossa aprendizagem neste primeiro ano que faço ralis e sinto-me mais confiante.”

Com menos sorte esteve a dupla do Ford Sierra que teve um acidente e não lhes permitiu chegar ao fim da prova. “Íamos a divertimo-nos bastante e estava tudo a correr _MG_2800bem mas tivemos um acidente e não conseguimos chegar ao fim. Nem eu nem o Fábio nos magoámos mas o Sierra ficou um pouco maltratado mas são circunstâncias dos ralis. Contactamos o director de prova que não nos queria arranjar um reboque e tirar do local onde estávamos mas onde louvamos a atitude do presidente do Clube Automóvel do Centro que após saber o que se tinha passado nos colocou à disposição os meios para que se resolvesse a situação”, referiu João Parracho.

A LEILOAV/Correia Motorsport é patrocinada e apoiada pela Leiloav, Câmara Municipal de Águeda, CFO-Gestão Resíduos Industriais, MS-Marques & Silva,lda.,  Stand Ana Jorge, IDEACOZI-Soluções Ideais, Brandão & Pereira-Construtores Civis, Correia Motorsport, Horácio Correia, Apfilt, 100 Stress Café Esplanada, Mobilarte, Nuno Dinis Photos.

A equipa Leiloav/Correia Motorsport irá marcar presença com o Citroen Ax da dupla Filipe Abrantes e António Almeida no próximo fim-de-semana no Rali de Mangualde e cuja organização pertence ao Clube Automóvel da Marinha Grande e que faz parte do Campeonato Master Ralis Sprint Centro.

 

Scroll To Top