Quarta-feira , Outubro 18 2017
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / LIAM DORAN DESPEDIDO PELA JRM RACING
LIAM DORAN DESPEDIDO PELA JRM RACING

LIAM DORAN DESPEDIDO PELA JRM RACING

A JRM Racing emitiu um comunicado dando conta da rescisão do contrato com o britânico Liam Doran. Esta notícia vem após uma série de especulações que surgiram sobre o futuro do piloto também conhecido como “British Bomb”, depois de alguns rumores sobre as suas aventuras e contas pagas no recente festival Gatebil na Noruega.

Doran juntou-se à JRM no início deste ano para tripular um MINI John Cooper Works RX, carro proveniente do projeto de Ralicross da Prodrive e na altura referiu que “focar-me completamente na condução é a coisa mais importante em 2016”. No entanto o acordo de 12 provas caiu agora por terra, cumprido apenas metade do programa previsto. James Rumsey, Diretor da JRM Racing disse: “O acordo com a equipa terminou. Este é um assunto interno e nenhum comentário adicional será feito nesta fase. A JRM Racing vai continuar com a preparação das próximas provas do World RX e o programa de desenvolvimento definido para o MINI não será afetado”.

Os boatos em relação ao comportamento do britânico tinham vindo a surgir ao longo da semana passada, com o bem conhecido jornal tabloide britânico “The Sun” a pegar na história, alegando que “Liam Doran, de 29 anos, envolveu-se numa confusão com os chefes de segurança do evento depois de problemas com o ruído a horas tardias da noite, tendo sido reportado que saltou sobre alguns carros, incluindo um Lamborghini de £ 100,000.”

A especulação agora cresce sobre quem irá substituir Doran para a segunda metade da época. A JRM já tinha confirmado em Abril que o norte-americano Danny Way iria começar a correr com um MINI a partir do Canadá, mas outros nomes como Guy Wilks ou Guerlain Chicherit também são possibilidades. Doran teve uma época de altos e baixos até ao momento, com o melhor resultado a ser um 5º lugar em Hockenheim.

Fonte: Duarte Mesquita (Autosport)

 

Scroll To Top