Sexta-feira , Setembro 21 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / LOEB CONTROLA RALI DE MARROCOS
LOEB CONTROLA RALI DE MARROCOS

LOEB CONTROLA RALI DE MARROCOS

DUPLO PÓDIO PARA OS PEUGEOT 3008DKR NA ETAPA

 

Os Peugeot 3008DKR continuam mostrar as suas garras no Rali de Marrocos, tendo voltado a registar um conjunto de sólidos resultados na Etapa 3, com um duplo pódio, o primeiro nesta edição: Sébastien Loeb e Daniel Elena foram 2ºs e Carlos Sainz e Lucas Cruz terminaram em 3º.

 

 

  • Sétimos a sair para a estrada na Etapa 3, Sebastien Loeb e Daniel Elena fizeram uma Especial segura, a uma média de 100 km/h, tendo sido mais cautelosos nas dunas da parte final. Terminam o dia no 2º lugar, mantendo, com isso, a liderança do rali, tendo agora uma margem de 3 minutos e 46 segundos para o seu mais direto adversário.

 

  • Carlos Sainz e Lucas Cruz surgiram logo a seguir no pódio desta Etapa, provando que estão realmente a atacar, apesar de vários meses fora das competições. Mesmo sofrendo com o pó dos carros que estavam à sua frente na estrada, depois de terem sido os 14ºs a arrancar para a Especial, conseguiram terminar com o 3ª melhor tempo, depois de ultrapassarem três adversários no percurso.

 

  • Entretanto registe-se a suspensão da penalização de 50 horas que havia sido atribuída a Sainz na encurtada Etapa 2, na sequência de um desentendimento com a Direção de Prova. O piloto espanhol regressa, assim, aos lugares da frente, sendo presentemente 6º classificado, a cerca de 26 minutos de Loeb.

 

  • Tendo esta sido uma Etapa Maratona, uma vez chegados ao bivouac ao final do dia, os carros não puderam ter qualquer tipo de intervenção externa no Parque de Assistência, ou seja, foram os próprios pilotos e navegadores a fazer um cross check à mecânica. Sem quaisquer problemas a registar, numa prova em que apenas a navegação continua a ser complicada, as equipas focaram-se nos preparativos do roadbook, a que se seguiu o merecido descanso.

 


 

NÚMERO DO DIA: 11

Este é o número combinado de títulos de Campeão que o #DreamTeam da Peugeot Total, presente em Marrocos, tem no Campeonato do Mundo de Ralis. Sebastien Loeb e Carlos Sainz acumulam também, entre eles, o incrível número de 104 vitórias em provas do WRC.

Bruno Famin,

Diretor da PEUGEOT SPORT

“Depois de um dia de ontem literalmente desorientador, foi bom voltar à prova e obter um 2º e 3º lugares na Etapa com os nossos 3008DKR. O Carlos e o Lucas foram os mais rápidos na Seção 2 da Etapa e souberam manter a calma. Agora que estão de regresso à competição, vão lutar pelos primeiros lugares. O Sébastien e o Daniel têm sabido gerir com inteligência a sua vantagem. Os carros estão perfeitamente fiáveis para que as equipas não tenham muito trabalho pela frente à noite no bivouac desta Etapa Maratona.”

 

Sébastien Loeb,

Piloto do Team Peugeot Total

PEUGEOT 3008DKR nº312

2º na Etapa; 1º classificado na Geral

“Sem quaisquer problemas pelo que apenas nos concentramos em chegar ao fim da Especial sem surpresas ou riscos. Conseguimos manter a diferença para com o Nasser Al-Attiyah e ainda temos uma pequena vantagem. Ele irá agora abrir a estrada, pelo que o nosso objetivo é ficarmos atentos e concentrados em encontrar o caminho certo, sem nos ultrapassarmos.”

 

Carlos Sainz,

Piloto do Team Peugeot Total

PEUGEOT 3008DKR nº310

3º na Etapa; 6º classificado na Geral

“A cada quilómetro sentimo-nos mais confiantes com o carro, sendo que a única coisa que foi um pouco frustrante foi a poeira levantada pelos concorrentes que seguiam à nossa frente, pois arrancámos para a Especial mais atrás. Tirando isso correu tudo bem. À noite faremos alguns ajustes na afinação do carro e iremos focar-nos em subir na classificação até onde pudermos.”

 

SEGUE-SE A 4ª ETAPA…

Tal com na Etapa 3, a ação da Etapa 4 divide-se em duas seções, predominantemente com dunas de areia. A primeira, de 170 km, sai diretamente do acampamento, já como em Especial. A segunda, de 263 quilómetros, inicia-se após 21 km em ligação por estrada. É um dia intenso que requer a máxima precisão de condução e concentração das equipas, pois é muito fácil cometer um erro e ficar-se preso nas dunas.

 

 

 

Scroll To Top