Quarta-feira , Julho 18 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Luis Oliveira vence etapa do Africa Eco Race
Luis Oliveira vence etapa do Africa Eco Race

Luis Oliveira vence etapa do Africa Eco Race

A 10ª edição da caravana Africa Eco Race ainda está indo para o sul em Marrocos. Neste 4 de janeiro de 2018, a perna começa diretamente no bivouac e 400 quilômetros depois chegam a Assa, onde os espera a 21 quilômetros até o bivouac. A velocidade foi a ordem do dia para o deleite de Mathieu Serradori nos carros e nas motocicletas foi um ótimo primeiro para Luis Oliveira

Uma via rápida
Depois de uma curta noite para muitos competidores que tiveram um dia muito difícil ontem, sentiu-se agradável ter mais tempo esta manhã para se preparar para a perna começando logo a fora do bivouac. A perna começou com uma boa trilha rápida ao pé das montanhas anti-Atlas. Mais tarde, os cairns os ajudaram a seguir a pista para que possam acelerar durante uma longa parte da perna. Ao longo do dia, os concorrentes passaram por vários postos militares, mas também muitos lagos secos. Estava perto do final do palco onde a navegação ficou um pouco mais complicada quando eles voltaram para o Oued Draa. O acabamento foi instalado nos arredores da cidade de Assa.

Serradori, a surpresa de Oliveira
Mathieu Serradori e o carro de Fabian Luquin foram os mais rápidos nesta perna particularmente difícil. Começando dois minutos depois dos líderes Vladimir Vasilyev e Konstantin Zhiltsov (RUS / MINI), a equipe da SRT cruzou a linha de chegada alguns segundos atrás de seus principais concorrentes. Um duelo apertado entre os dois carros que permaneceram em contato com uma boa parte da corrida. Os russos ainda estavam felizes em parabenizá-los logo após uma furação no pneu na linha de chegada. O resultado de 400 quilômetros de trilhas pedregosas rápidas, mas resistente nos pneus. Foi o que causou alguns problemas para Pascal Thomasse e Pascal Larroque (OPTIMUS) que perderam o tempo para mudar uma roda e terminaram em 4º. O terceiro lugar foi para Remy Vauthier e Jean Brucy (SUI / OPTIMUS). O primeiro caminhão do dia também teve que substituir uma roda logo atrás da linha de chegada. Gerard De Rooy (NL / IVECO) terminou em 5º, frustrado por não ser mais rápido, mas ganhando dois lugares em geral.
Em motos, depois de 4h54’56 “de raça, Luis Oliveira (POR / YAMAHA) ganhou o primeiro estágio de sua carreira. Aos 25 anos, ele veio com seu pai, que atua como mecânico para seu primeiro ataque de rali e já está em com um 3º lugar em geral, ele terminou 1 500 “à frente de Paolo Ceci (ITA / KTM), que lidera 2’29” na frente de Pål Anders Ullevalseter (NOR / KTM).

Pois Elisabete Jacinto (POR / MAN) apenas motorista de caminhão feminino é forçado a desistir. A atriz regular da África Eco Race quebrou seu diferencial e não tem a peça sobressalente em seu caminhão de assistência. É muito triste que ela deixe a Africa Eco Race antes de se juntar à Mauritânia, como no ano passado, quando seu motor quebrou durante o 2º estágio.

Mathieu Serradori: “Estamos felizes, foi uma ótima perna, Fabian navegou muito bem, o que nos permitiu apanhar Vasilyev, houve uma boa luta. Vamos abrir amanhã, tenho confiança no meu co-piloto, de modo que não é um problema “.

Vladimir VASILYEV: “Hoje foi particularmente complicado por causa de seixos, foi como estar em Marte, gostamos da nossa rivalidade com Serradori, estamos lutando na pista, mas somos amigos”.

Rémy VAUTHIER: “Nós dirigimos rápido, mas não foi uma boa corrida, a Africa Eco Race não é realmente fácil, além de ter gripe, mas conseguimos terminar o 3º hoje, estou feliz com isso”.

Pascal Thomasse: “Essas faixas pedregosas não foram divertidas … e como não mudamos nossos pneus ontem, queria ter cuidado, mas a 50 quilômetros do final, tivemos problemas com uma roda. Prefiro os estádios de 100 quilômetros no meu era! ”

Gérard DE ROOY: “Foi uma ótima perna, muito longa, tivemos uma penetração lenta um pouco antes do final, mas conseguimos dirigir e continuar no final, diminuindo a velocidade. Será difícil superar o ranking geral, mas eu mantenha o pódio em mente “.

Luis OLIVEIRA: “Foi uma perna rápida e difícil para mim, estou aprendendo todos os dias, significa muito para mim ter superado os dois melhores pilotos, cometi um erro, Paolo voltou mais rápido e o segui até o terminar. ”

Paolo CECI: “Durante 200 quilômetros até o reabastecimento foi muito monótono, então houve muita navegação, foi fácil cometer erros. Hoje era plana e pedregosa, preferi as dunas ontem. A moto está indo muito bem e Eu estou confiante. ”

Pal Anders ULLEVALSETER: “Havia muitas pedras, era muito difícil fisicamente, me perdi duas vezes, mas consegui voltar à corrida para manter contato com Paolo. Espero me sentir melhor e melhor dia após dia.

 

Scroll To Top