Sexta-feira , Janeiro 19 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Luís Teixeira vence TT3 e Sebastian Buhler vence TT1
Luís Teixeira vence TT3 e Sebastian Buhler vence TT1

Luís Teixeira vence TT3 e Sebastian Buhler vence TT1

A Equipa Yamaha Pinhelworks Ray Just Energy conseguiu mais um excelente resultado ao vencer em duas frentes na Baja TT Oleiros / Proença / Mação e colocou dois dos seus pilotos em lugares de pódio.

António Maio concluiu esta que é a quarta etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno na segunda posição e mantém a luta pela conquista do título de campeão nacional. Também Luís Teixeira, terceiro classificado à geral, venceu a classe TT3 e passa assim para a frente do campeonato da sua classe. Já Sebastian Buhler, foi o mais rápido entre os pilotos da classe TT1, terminando em 7º lugar da classificação geral.

Para António Maio “esta não é uma prova muito ao meu jeito. Tentei fazer o meu melhor e estou satisfeito por continuar a depender de mim a conquista pelo título de campeão nacional. Temos de continuar a treinar e a lutar pela conquista do título.”

O piloto Luís Teixeira revela que está “satisfeito por esta vitória, a segunda que alcanço aos comandos desta magnífica mota, um resultado que me permitiu passar para a frente do Campeonato. Era esse o meu principal objetivo. Para além disso, termino esta prova no lugar de pódio, o que muito bom.”

O mais jovem piloto da equipa Yamaha Pinhelworks Ray Just Energy, Sebastian Buhler conseguiu ultrapassar o seu adversário mais direto e ganhar vantagem, reforçando a liderança na sua classe no Campeonato. “Gostei muito desta corrida, diverti-me imenso. Aproveitei bem o facto de ter partido atrás do meu adversário mais direto, ultrapassei-o e, por isso, ganhei uma vantagem confortável. O último troço foi mais complicado porque tive um problema de travões na roda de trás, mas estou muito satisfeito por ter mais esta vitória e por reforçar a liderança no Campeonato”.

A participação do quarto piloto da equipa, Frederico Fino, foi pautada pela sua desistência: “custou-me um pouco a arrancar, a cumprir os primeiros 30km’s, mas os restantes 50km’s do primeiro troço cruzaram zonas espetaculares de condução. À tarde, após uma paragem longa demais, tive um bom recomeço, mas depois acabei por não conseguiu continuar a prova”, refere Frederico fino que como chefe de equipa acrescenta ainda: “a equipa teve uma prestação bastante positiva. Não conseguimos repetir a vitória alcançada na prova algarvia, mas ganhámos em TT1 e TT3 e agora à que continuar a treinar e a lutar pelos lugares de pódio”.

O Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno terá um interregno nos próximos dois meses e regressa a 12 e 13 de Setembro, altura em que disputará a Baja TT Idanha-a-Nova.

Informações sobre a prova em www.escuderiacastelobranco.pt

 

Scroll To Top