Sexta-feira , Dezembro 15 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / M.CO Racing Team com balanço positivo no Cidade de Guimarães
M.CO Racing Team com balanço positivo no Cidade de Guimarães

M.CO Racing Team com balanço positivo no Cidade de Guimarães

 

O preparador de Santa Maria da Feira faz balanço positivo à sua presença no Rally Cidade de Guimarães, apesar dos azares que atingiram duas das sete equipas que assistiu na prova organizada pelo Targa Clube em parceria com o Município de Guimarães.

#6_Skoda Fabia S2000 – Joaquim Alves / Pedro Alves (CNR)

A dupla do ‘Cesár Racing Rallye Team’ estreava-se em pisos de asfalto com o Fabia, concluindo esta fase de adaptação à sua nova montada em 8º da RC2 e na 12ª posição da geral.

#19_Mitsubishi EVO IX R4 – Manuel Castro / Luís Costa (CNR)

O azar voltou a bater à porta desta dupla de pilotos, a qual foi forçada ao abandono na prova de ‘casa’ quando se encontrava já a lutar por uma posição dentro do Top10 da geral, em virtude de problemas no motor da viatura Nipónica.

#26_Citroen C2 – José Artur Teixeira / André Carvalho (CNR 2L/2RM)

Desta feita tudo correu pelo melhor, com a dupla a registar constante evolução ao longo do desenrolar do rali, no qual terminaram a um lugar do pódio do grupo R4.

#41_Mitsubishi EVO VII – Vítor Pascoal / Valter Cardoso (CFPAKRN)

A troca de navegador em nada beliscou o desempenho do ‘Baião Rally Team’ neste rali, o qual viria a concluir num excelente segundo lugar da geral e com a vitória no grupo X3.

#45_Mitsuibishi EVO IX – Vítor Ribeiro/ Fernando Sousa (CFPAKRN)

A toada ofensiva registada por esta formação ao longo do dia de sábado foi compensada com o 12º lugar à geral e ainda com o segundo lugar no grupo X5.

#71_Citroen Saxo – Marta Neves / Márcia Gonçalves (Ladies Rally Trophy)

A dupla feminina da equipa também teve excelente desempenho nesta prova, terminando-a na terceira posição do ‘Ladies Rally Trophy’ e na 17ª posição à geral do CFPAKRN.

#73_VW Golf GTi MK1 – Joaquim Bernardes / Laurinda Alves (Camp. Nacional de Clássicos de Ralis)

Da liderança à desistência foi um pequeno passo para a dupla do ‘Team Manaiacar’, que assim concluía da pior maneira a jornada inaugural da defesa do título conquistado em 2014.

“Infelizmente nem tudo correu da maneira que todos gostaríamos e não há qualquer fórmula compensatória de resultados ‘globais’, pelo que, vamos continuar a trabalhar árdua e empenhadamente para que todas as nossas equipas possam concluir as provas dentro dos objectivos que delinearam e que estão ao seu alcance.

“Agradeço a todos os colaboradores da M.CO Racing Team o esforço e dedicação com que se voltaram a entregar para que o objectivo principal dos nossos pilotos e equipas fosse concretizado. Desta feita não foi possível, mas vamos continuar a lutar para voltar às…Vitórias,” declarou Miguel Costa.

 

Scroll To Top