Domingo , Outubro 22 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Maio, Borrego e Martins vencem no Gavião
Maio, Borrego e Martins vencem no Gavião

Maio, Borrego e Martins vencem no Gavião

João Dias já é Campeão UTV/Buggy
Títulos também já atribuídos aos Veteranos (Sandro Carolino) e nas Senhoras (Flávia Rolo)

Fotos: PMBarreiros Photography

As pistas alentejanas do Gavião receberam a 29ª edição do Raid TT Ferraria, sexta e penúltima jornada da temporada de todo-o-terreno, num traçado onde imperou muito pó e de onde já saiu um campeão nacional e foram também atribuídos outros títulos das diversas classes que fazem parte do campeonato nacional de todo o terreno.

Moto
Entre as duas rodas António Maio em Yamaha mostrou o domínio que vem exercendo esta temporada e somou o seu quinto triunfo. Justificando a liderança do campeonato com subidas ao pódio em todas as provas o jovem companheiro de equipa de Maio, Sebastian Buhler voltou a vencer entre as motos de menor cilindrada e terminou a corrida a frente de João Lourenço, piloto de Enduro que se apresentou em preparação da sua próxima participação na Baja 500 Portalegre.
Gustavo Gaudêncio em Honda venceu a Classe TT3 após animado duelo com Salvador Vargas (KTM). Os dois terminaram separados por 38s.
António Pereira (Yamaha) foi 5º classificado e perdeu a liderança da Classe TT2 para António Maio numa corrida onde as três posições foram ocupadas por pilotos inscritos na Classe TT1: Pedro Oliveira (Honda), Fausto Mota (Yamaha) e Domingos Santos (AJP).
Sandro Carolino (KTM) terminou na 10ª posição e venceu entre os Veteranos, classe na qual já se sagrou campeão. Na Classe Promoção o triunfo foi para o jovem de 16 anos Martim Ventura em Yamaha a fazer no Gavião a sua segunda corrida. Entre as Senhoras Flávia Rolo (KTM) repetiu o triunfo das provas anteriores e com esta sexta vitória irá para Portalegre com o título já assegurado. Nos Hobby o mais rápido foi Daniel Silva numa Suzuki.

Quad
Entre os Quad a prova alentejana ficou infelizmente marcada por alguma polémica que levou, no final da corrida a uma penalização do líder do campeonato Arnaldo Martins que o impediu de festejar antecipadamente o título que o terceiro lugar lhe assegurava.
Beto Borrego regressou às vitórias averbando entre o seu publico a quarta vitória entre outras tantas provas terminadas. A disputa do título passa agora para Portalegre onde a uma eventual vitória de Beto Borrego terá de responder Arnaldo Martins com pelo menos um 5º lugar.
Excelente segundo lugar para o veterano António Moreira em Yamaha numa corrida onde o terceiro lugar foi ocupado pelo consagrado Luís Engeitado (Yamaha) que em 2015 e 2016 ocupa a posição de navegador ao lado de Rita Oliveira nos UTV e com o regressado André Carita a ocupar o 4º lugar. O jovem Rodrigo Pagaime (Yamaha) venceu a Promoção e está a apenas 1 ponto do 3º lugar absoluto, posição atualmente ocupada por Nuno Gonçalves que nesta prova terminou em 7º lugar.
Uma penalização de 30 minutos atribuída a Arnaldo Martins por alegadamente ter feito um dos reabastecimentos com o motor da sua Suzuki ligado relegou-o para a 8ª posição final.

UTV/Buggy
Na competição destinada aos UTV Buggy as mudanças na cabeça da corrida foram uma contante. A etapa inicial foi ganha por João Dias (Polaris) que partiu para o segundo dia de prova à frente de outros cinco Polaris Turbo pilotados respetivamente por Rui Serpa, Pedro Carvalho, Pedro Santinho Mendes, Miguel Jordão e Mário Ferreira. Apenas na 7ª posição surgia o Yamaha de Ricardo Carvalho à frente do Rage de Bruno Martins.
No dia seguinte o Polaris de Pedro Santinho Mendes foi o mais rápido na 1ª das três voltas ao troço de 66 quilómetros e aumentou a vantagem para os seus adversários no final da 2ª passagem pela linha de meta. Ultrapassagens a concorrentes mais lentos atrasaram de forma substancial o piloto de Évora enquanto vindo de trás Bruno Martins conseguia o triunfo com uma vantagem de 53s para o Polaris de João Dias que viria a terminar na 2ª posição, 35s à frente de Pedro Santinho Mendes.
Com este resultado, João Dias, que em Idanha vira o seu navegador sagrar-se campeão nacional, reservou também para si e desde já o titulo nacional UTV/Buggy, quando ainda falta disputar a derradeira prova.
O ex-campeão nacional Rui Serpa, também em Polaris, terminou na 4ª posição à frente de António Ferreira (Yamaha) e de Avelino Luís (CanAm), por sinal os três primeiros da Classe Veteranos. Nuno Nunes (Polaris), acompanhado de Filipe Pinto, terminou na 7ª posição e venceu a Classe Promoção.
Também no Troféu Polaris RZR a vitória de João Dias lhe permitiu assegurar antecipadamente o título numa corrida onde foi secundado por Pedro Santinho Mendes e Rui Serpa.
No Troféu CanAm o mais rápido foi Avelino Luís, com o estreante Miguel Milhão a levar o seu Maverick Turbo ao segundo lugar à frente de Jorge Esperto que passou para a frente desta competição monomarca.
Entre as senhoras Rita Oliveira continua a fazer o pleno de vitórias e desta vez a segunda classificada foi Alexandra Ferreira.
Entre os pequenos Polaris Ace coube a João Martins vencer o respetivo Desafio na jornada alentejana após duelo com Alexandre Freitas. Uma vitória que permitiu ao estreante piloto festejar antecipadamente o título

Na próxima e derradeira jornada o Campeonato Nacional continua em pistas alentejanas. A 30ª edição da Baja 500 Portalegre recebe os concorrentes desta esta competição nos dias 27, 28 e 29 de Outubro.

 

Scroll To Top