Terça-feira , Outubro 16 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Maio e Oliveira em duelo de abertura
Maio e Oliveira em duelo de abertura

Maio e Oliveira em duelo de abertura

Concentrado na conquista do campeonato, António Maio (Yamaha WR 450) lidera a 30ª edição da Baja Portalegre 500 com 26,75 segundos sobre Luís Oliveira, que foi quem registou o melhor tempo no prólogo. Sebastian Buhler, líder da competição à partida da última ronda da temporada, tenta defender-se dos ataques de Maio. Para já, não está a ser bem sucedido e quando estão cumpridos os primeiros 90 quilómetros da competição, ocupa o terceiro posto a quase 1m30s de Maio.

Com a Yamaha a fazer o pleno no pódio, João Lourenço assume-se como o melhor piloto com uma marca diferente. Aos comandos de uma Sherco, ocupa a quarta posição a quase três minutos do primeiro classificado e Gustavo Gaudêncio, em Honda, completa o top-5.

Para António Maio, o primeiro dia correu bem, apesar de um percalço já no final. “A ribeira não quer nada comigo. Tinha 40 a 45 segundos de vantagem sobre o Oliveira mas na passagem a moto calou-se e quando voltou a pegar ele passou por mim. Chegámos juntos, ganhei meio minuto mas esta diferença não permite gerir como gostaria. De qualquer forma, o meu primeiro objectivo é assegurar o título”, explicou Maio.

Confronto local entre Caeiro e Borrego

A luta pelo primeiro lugar nos quads foi extremamente renhida. Roberto Borrego, em Yamaha YFZ, foi o primeiro líder. O piloto de Ponte de Sôr sabe que, para ser campeão, tem de ganhar e esperar que Arnaldo Martins fique fora dos seis primeiros. Mas após SS2, ambos perderam tempo devido a questões mecânicas. Borrego teve problemas de gasolina, enquanto Martins sentiu dificuldades de travões no quad. Assim, é outro piloto da região quem mais se destaca. De regresso à disciplina, o portalegrense Vítor Caeiro surge muito motivado e, para já, comanda com 15,97 segundos de vantagem sobre Borrego. Marco Cardoso é terceiro e Arnaldo Martins ocupa o quarto posto.

Jordão na frente de Carvalho e Peterhansel

Outra categoria extremamente emocionante é a dos UTV/Buggy. Cumprido o prólogo e o segundo sector selectivo, Miguel Jordão destaca-se com o Polaris RZR. Segundo no primeiro teste do dia, ganhou ritmo e consistência e chega ao parque de assistência na frente com 15,43 segundos de margem para Ricardo Carvalho. Uma das figuras maiores desta 30ª Baja Portalegre 500, Stéphane Peterhansel, não foi além do décimo registo no prólogo mas após SS2 já é terceiro. O francês tem a liderança a 38,66s.

 

Scroll To Top