Quinta-feira , Setembro 20 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Mau tempo prejudicou primeiro dia da Rampa da Falperra
Mau tempo prejudicou primeiro dia da Rampa da Falperra

Mau tempo prejudicou primeiro dia da Rampa da Falperra

Muita chuva e muito vento marcaram o final do dia na Rampa da Falperra, com a primeira subida oficial do fim-de-semana a decorrer sob péssimas condições atmosféricas. A inconstância do tempo ao longo das subidas de treinos, tornaram difícil o trabalho dos pilotos, que ainda assim proporcionaram um bom espectáculo ao público presente na subida à Nossa Senhora do Sameiro.

Com 57 pilotos inscritos, o Campeonato Nacional de Montanha Valvoline está extremamente interessante, como fica provado pelas excelentes lutas pelos melhores lugares no topo de grande parte das categorias.

A Categoria 1 foi até ao momento integralmente dominada por Pedro Salvador em Norma M20FC. O piloto de Chaves tem-se mostrado inalcançável nas difíceis condições em que se está a disputar a Rampa da Falperra. Na primeira subida a contar, Salvador foi o mais lesto com o tempo de 2:32s547.  Com uma excelente estreia ao volante de um protótipo Tattus PY012, Bernardo Sá Nogueira está na segunda posição, na frente de António Barros, que surpreendeu com a conquista do terceiro melhor crono ao volante do seu pequeno BRC CM02.

Outra das categorias a seguir com atenção nesta 37ª edição da Rampa da Falperra será a Categoria 2, com Gonçalo Manahu a ser o mais rápido com a marca de 2:53s273. O piloto do Porsche 997 GT3 Cup, bateu António Nogueira em Porsche 911 GT2 por pouco mais de um segundo, deixando tudo em aberto para amanhã. Com o seu Nissan GT-R GT3 recuperado dos problemas mecânicos sentidos nos treinos, José Correia foi o terceiro mais rápido neste final de tarde.

Depois de um domínio absoluto nos treinos, Manuel Correia manteve-se no topo da Categoria 3, com o Ford Fiesta R5 de tração total a estar que nem peixe na água nas difíceis condições do piso. Correia percorreu os 5.200 metros da rampa em 2:46s334. No segundo lugar ficou José Pedro Gomes em Ford Escort WRC, seguido por Pedro Marques em SEAT Leon. O acidente de Paulo Silva, prejudicou também os concorrentes desta categoria, situação que afectou também as categorias que fizeram as suas subidas a seguir: 1,2 e 3.

Tal como na Penha, a Categoria 4 está a ser uma das mais interessantes deste renovado Campeonato Nacional de Montanha Valvoline. Após a primeira subida oficial de prova, o comando das operações pertence surpreendentemente a João Vilas Boas em Renault Clio Sport, que foi o mais rápido com a marca de 2:52s228. Com um SEAT Leon Copa, José Cerqueira está na segunda posição, seguido por Joaquim Teixeira em Renault Megane Trophy.

Um acidente de Paulo Silva, com o SEAT Leon a ficar parado na pista, acabaria por prejudicar alguns dos favoritos como foi o caso de Luis Nunes, que ficou apenas com a sétima posição.

Na Categoria 5, o melhor nesta primeira subida de prova foi Silvino Pires em Ford Escort BDA, que materializou as boas prestações conseguidas nos treinos, obtendo nesta subida a marca de 3:01s322. Rui Setas em Renault 5 GT Turbo Maxi foi o segundo, na frente de Carlos Oliveira em Porsche 911 SC.

Com somente três concorrentes a completarem a primeira subida oficial de prova, – já que Vítor Ramos (Ford Escort MKI) abandonava devido a problemas mecânicos -, o melhor tempo na Categoria 6 pertenceu a Hélder Silva em BMW 323i que registou 2:53s583. Fernando Salgueiro em Ford Escort MKII foi o segundo na frente de Martine Pereira em Lola T70.

Na Taça Nacional de Montanha 1300, a alternância pela liderança foi notória nos treinos, mas na primeira subida a contar, o melhor foi Armando Freitas. O piloto obteve a marca de 3:13s078 ao volante do seu Toyota Starlet 1.3S, conseguindo bater Roberto Meira em Fiat Punto 85 por apenas 32 milésimos! A fechar o pódio da categoria está para já Francisco Leite, também ele ao volante de um Fiat Punto 85.

O melhor na Taça Nacional Clássicos de Montanha 1300, foi Arnaldo Marques em Datsun 1200, que com a marca de 3:31s413, bateu Abel Marques em Autobianchi A112 Abarth e Pedro Oliveira em Datsun 1200.

Todas as informações relativas aos treinos estão disponíveis no site oficial da montanha em www.campeonatomontanha.com ou na página oficial do campeonato no Facebook em https://www.facebook.com/CampeonatoMontanha.

 

Scroll To Top