Quarta-feira , Julho 26 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Miguel Oliveira à procura de pontos em Aragón
Miguel Oliveira à procura de pontos em Aragón

Miguel Oliveira à procura de pontos em Aragón

Após um fim-de-semana de descanso Miguel Oliveira está já no traçado espanhol de Aragón para enfrentar a 14ª prova do calendário 2016 do campeonato do mundo de Moto2. Num circuito onde venceu em 2015 o piloto da Leopard Racing espera poder encontrar uma moto que o ajude a somar de novo pontos no campeonato e se possível chegar aos dez primeiros, onde esteve na prova anterior em Misano antes de uma queda lhe ter retirado a possibilidade de mais um excelente resultado.

“O GP de Aragón no ano passado foi muito bom para mim porque venci aqui a corrida de Moto3, mas este ano a perspectiva para esta corrida e também para as restantes do campeonato é um pouco diferente e em condições normais quero poder lutar pelos pontos e idealmente entrar nos dez melhores. Quero pontuar nestas últimas cinco corridas e esperar também que a equipa me possa dar uma moto competitiva para o poder fazer. Da minha parte vou colaborar a 200% para conseguir o melhor resultado tanto em Aragón como nas restantes quatro provas. O circuito pode ser comparado em termos de afinação com Jerez de La Frontera ou mesmo Montmeló, onde temos que trabalhar bastante sobre a dianteira da moto por força das curvas longas com muito apoio interior com o pneu. Será crucial ter boa estabilidade no centro da curva e ao mesmo tempo capacidade de tracção para as saídas. As curvas não têm um grande acréscimo de aceleração mas temos que ter sempre as duas rodas bem alinhadas para conseguir a ‘girar’ bem a moto e ganhar algum tempo a partir do centro da curva.”

O circuito espanhol do Motorland em Aragón com os seus 5.077 metros de extensão tem um total de 17 curvas, das quais uma dezena são esquerdas e as restantes direitas que exigem precisão e acerto no equilíbrio da moto para se conseguir tempos rápidos por volta. Esta será a sexta vez que acolhe uma prova do campeonato do mundo, tendo sido inaugurado em 2010. Miguel Oliveira irá enfrentar no próximo Domingo uma corrida com 21 voltas ao circuito para uma quilometragem total ligeiramente superior aos 106 quilómetros.

 

Scroll To Top