Quarta-feira , Outubro 17 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Miguel Oliveira ansioso pela prova inaugural do Campeonato do Mundo de Moto GP
Miguel Oliveira ansioso pela prova inaugural do Campeonato do Mundo de Moto GP

Miguel Oliveira ansioso pela prova inaugural do Campeonato do Mundo de Moto GP

O jovem português da Leopard Racing está prestes a dar início à primeira jornada do Campeonato do Mundo de Moto GP de 2016. Depois dos últimos testes de pré-temporada que reforçaram a evolução positiva do piloto de Almada, Miguel Oliveira mostra-se confiante para o seu ano de estreia na Moto 2, aos comandos de uma moto Kalex e com uma nova equipa. É já no próximo fim-de-semana no Qatar que, debaixo de luzes artificiais, se dá o arranque da nova temporada de MotoGP 2016.  O circuito de Losail é o palco de um ambiente sempre especial para todas as equipas e pilotos e onde se disputa a primeira das 18 corridas previstas no calendário.

Recorde-se que ainda antes do arranque do campeonato pilotos e equipas tiveram a oportunidade de testar neste mesmo traçado que foi pela primeira vez palco de testes oficias para as equipas de Moto3 e Moto2.  Com o regulamento a ser alterado nesta temporada de forma a dar a mesma oportunidade às equipas com menos recursos financeiros, os pilotos viram estipulados o número de 10 dias máximos de testes privados e os habituais 6 dias de testes oficiais IRTA. Miguel Oliveira e a Leopard Racing Team iniciaram os seu programa de testes em Fevereiro no circuito da Catalunha, passaram por Valência e rumaram a Jerez de la Frontera onde cumpriram 7 dias dos 10 estipulados e onde o piloto de Almada sofreu uma queda e fraturou dois dedos da mão direita. Dez dias depois, o piloto de Almada rumava novamente ao circuito de Andaluzia para dar início aos testes oficiais, condicionado pela fractura do dedo anelar da mão direita que lhe causava desconforto na sua adaptação à nova categoria.  Já no Qatar, no circuito de Losail, deu-se início aos últimos 3 dias de testes oficiais que permitiram ao piloto e à equipa dar mais um passo na sua evolução, ficando o pouco mais de 1 segundo da volta mais rápida da tabela de tempos.

A ansiedade do piloto português é comum no inicio de cada temporada, mas este ano tem uma sensação diferente por correr com pilotos com quem nunca correu na grande maioria. No entanto, Miguel Oliveira está optimista para o arranque da temporada. “Todos os anos fico ansioso, mas este ano é uma sensação diferente: são pilotos que eu não conheço em corrida e que não sei como será competir com eles; Será certamente um processo de descoberta e de aprendizagem. Sei que ainda tenho de me adaptar mais a esta nova categoria, sobretudo à distância de corrida. Durante os últimos testes melhoramos significativamente a moto e a minha condução e isso refletiu-se nos meus tempos por volta, por isso estou optimista para esta primeira prova. Espero estar junto dos mais rápidos em poucas corridas.

Sempre atento aos seus Fãs e seguidores, Miguel Oliveira não quis deixar criar um momento único e organizou em parceria com a Câmara de Almada e a Sport TV, um espaço Miguel Oliveira – Fan Club, onde  no próximo domingo a partir das 12h00 podem assistir em directo e em exclusivo à transmissão da primeira corrida no Qatar. O espaço tem lugar no  Caparica Primavera Surf Fest, na Praia do Paraíso na Costa da Caparica e a entrada é gratuita. “Sei que há cada vez mais adeptos do motociclismo em Portugal e quis arranjar forma de os reunir. Como este é mais um momento importante para mim, nada como sentir o apoio sempre incondicional  dos portugueses. Com o apoio da Câmara Municipal de Almada, do Caparica Primavera Surf Fest e da Sport TV alinhamos as condições para uma transmissão em directo desta primeira corrida. Acho que vai ser também uma boa oportunidade para demonstrar que o motociclismo também move multidões.”, remata o vice-campeão mundial de Moto3.

A pista de Losail foi construída em 2004, está localizada perto da cidade de Doha e tem uma extensão total de 5.380 metros. Recebeu o seu primeiro Grande Prémio em 2004 mas apenas em 2008 surgiu em formato de corrida nocturna. O traçado mistura curvas de elevada e média velocidade, com uma recta da meta com mais de 1000 metros de extensão.

 

Scroll To Top