Sexta-feira , Novembro 24 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Miguel Oliveira com corrida dificil em Austin
Miguel Oliveira com corrida dificil em Austin

Miguel Oliveira com corrida dificil em Austin

Depois de um fim-de-semana marcado por dificuldades mecânicas na Mahindra MGP3O Miguel Oliveira terminou hoje em 15º lugar no circuito de Austin, Texas. Num resultado que fica aquém das expectativas do piloto, o jovem de Almada conseguiu, apesar de tudo, garantir um ponto na classificação do Mundial de Moto GP na categoria de Moto 3.

“Hoje o resultado foi longe do objetivo previsto, foi a segunda pior classificação de toda a minha carreira desportiva. Dos treinos para a corrida mudámos toda afinação da moto, mas não foi suficiente para poder fazer uma recuperação como já tenho feito em outras corridas.” Começa por adiantar o piloto português que partiu hoje da 18ª posição da grelha na segunda prova do campeonato, que teve lugar no circuito de Austin.

Os problemas de ajustamento da Mahindra ao circuito não permitiram ao português repetir os resultados positivos da primeira etapa do calendário onde o jovem de 19 anos ficou a 15 milésimos de segundo do pódio, mas proporcionou à equipa melhorar a preparação da moto para as próximas corridas do campeonato: “Na verdade melhoramos em vários aspectos comparativamente ao ano passado, mas não foi suficiente. Não consegui ser rápido com pneus novos, pois tinha demasiado chatering e à medida que se desgastavam ia sendo mais rápido. Espero que a Mahindra tenha uma resposta rápida para podermos voltar a ser mais competitivos.”

Esta foi também uma corrida marcada por diversas quedas, algo que também limitou a performance de Miguel Oliveira: “Na primeira curva a queda do Locatelli e do meu companheiro de equipa Sissis, quase me levou à queda e umas curvas após, para evitar outro toque, saí de pista e regressei em penúltimo, o que também ajudou a condicionar o resultado.”

No rescaldo de um fim-de-semana difícil, Miguel Oliveira aponta baterias para a próxima corrida do campeonato agendada para 26 de Abril na Argentina onde espera “voltar às posições dianteiras, onde penso ser o meu lugar.”

 

Scroll To Top