Segunda-feira , Junho 26 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Miguel Oliveira parte a descoberta da América do Sul
Miguel Oliveira parte a descoberta da América do Sul

Miguel Oliveira parte a descoberta da América do Sul

Miguel Oliveira enfrenta no próximo fim-de-semana a  terceira prova do campeonato do mundo Moto 3 2014. Aos comandos da Mahindra
MGP3O o piloto português irá juntamente com todos os restantes adversários descobrir  o novo traçado argentino de Termas de Rio Hondo, circuito que recebe pela primeira vez  uma prova do mundial e que será a única novidade do calendário 2014.
“É um circuito novo para todos. Segundo as características do traçado, foi estudada pela  equipa uma afinação base com objetivo de aprender rapidamente o traçado e encontrar  assim o melhor compromisso para o fim-de-semana.”
Miguel Oliveira não teve um fim-de-semana pleno de boas recordações na prova anterior  realizada no Circuito das Américas no Texas, mas no momento da partida para esta sua  primeira visita à Argentina como piloto a confiança é total, tanto do piloto como da  equipa. ‘O Texas ficou um pouco aquém das nossas expectativas. O importante é saber o  que não funcionou bem e utilizar essa experiência no futuro. A Mahindra é um bom  pacote, pelo que queremos ser competitivos desde o primeiro momento. A minha equipa  tem dos melhores profissionais no paddock e em quem confio, pelo que partimos para a  Argentina com o objetivo de estar na frente desde o primeiro momento.
O campeonato regressa assim à Argentina, quinze anos depois da última visita a este país  da América do Sul, estávamos então em 1999 quando o campeonato do mundo visitou o  Autódromo Óscar Alfredo Galvez em Buenos Aires, onde venceram Marco Melandri   (125), Olivier Jacque (250) e Kenny Roberts Jr. (500) naquela que foi a prova de  encerramento da temporada.

O circuito de Termas de Rio Hondo está localizado a seis quilómetros da cidade que lhe  dá o nome na província de Santiago del Estero. Construído em 2008 foi modificado em  2012 para receber as mais importantes provas internacionais e mostra um perímetro
total de 4.806 metros. A reta mais longa tem 1.076 metros e conta com cinco curvas para  a esquerda e nove para a direita.

 

Scroll To Top