Sábado , Dezembro 16 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / MIGUEL PRAIA TERCEIRO ANO NO MOTO 1000GP
MIGUEL PRAIA TERCEIRO ANO NO MOTO 1000GP

MIGUEL PRAIA TERCEIRO ANO NO MOTO 1000GP

No dia de encerramento do campeonato brasileiro Moto 1000GP Miguel Praia voltou a mostrar toda a excelência da sua pilotagem que o levaram pelo segundo ano consecutivo a merecer a confiança da equipa paulista Center Moto. Hoje em Cascavel Praia e os técnicos da formação do bairro de Botafogo voltaram a enfrentar não apenas uma concorrência de luxo mas igualmente uma moto que de forma estranha não se mostrou tão competitiva como na primeira visita do campeonato ao traçado do Zilmar Beaux, quando Praia colocou a CBR 1000R SP na segunda posição final.

Pelo terceiro ano consecutivo Miguel Praia vai marcar presença no competitivo campeonato brasileiro Moto 1000GP. Depois de duas épocas consecutivas em que terminou na quarta posição final o piloto de Albufeira irá defender mais uma vez as cores da equipa Center Moto, formação sedeada no Rio de Janeiro e que mais uma vez, com a colaboração da  J. Saraiva, terá a ser cargo a preparação da Honda CBR 1000R SP já utilizada no passado ano. Face a uma nova época e onde a grelha de partida volta a estar recheada de pilotos oriundos de toda a América do Sul e também da Europa, Miguel Praia terá novos argumentos na sua moto para poder ‘esgrimir’ as melhores posições com a concorrência.

‘Conseguimos que o promotor do campeonato alterasse o regulamento em alguns detalhes, pelo que Vamos ter uma moto mais evoluída especialmente ao nível do motor que foi preparado directamente na Ten Kate e será assim de tudo mais potente. No ano passado sentimos muitas dificuldades devido ao sobreaquecimento e consequentemente falta de potência para acompanhar os adversários e tomámos essa opção para este novo ano. Ao nível de ciclistica a nossa moto vai sofrer ainda algumas alterações para a tornar ainda mais competitiva, mas o principal argumento é mesmo o motor que deverá contar com cerca de 200 cavalos de potência.’

Com o campeonato a iniciar-se no primeiro fim-de-semana de Maio o piloto português irá assim marcar presença novamente num campeonato que se tornou já numa referência na América do Sul e que em mais uma temporada irá atrair excelentes pilotos, como o campeão em título Matthieu Lussiana ou Sebastian Porto, vice-campeão do mundo de 250cc em 2004 e que aos 36 anos de idade irá fazer a sua estreia nesta competição. A estes juntam-se mais pilotos brasileiros e argentinos que querem também eles discutir as vitórias em 2015.

‘Com a manutenção do Lussiana e chegada do Sebastian Porto, estamos conscientes que a concorrência está ainda mais forte , com motos novas e mais competitivas, pelo que a responsabilidade dos resultados não está do nosso lado. Mas as corridas apenas terminam no fim, o campeonato é longo e apesar das nossas limitações, teremos alguns argumentos para surpreender. Eu fiz um longo trabalho de preparação no Inverno que espero tirar os seus dividendos ao longo da época e também a equipa trabalhou muito para que possamos estar a nível elevado. Prometemos trabalho e esforço, o resto chegará por acréscimo.’

O campeonato Moto 1000GP será composto em 2015 por um total de oito provas, com a primeira a levar os pilotos até Curitiba.

Calendário 2015:

02 e 03 de Maio: Curitiba
30 e 31 de Maio: Cascavel
27 e 28 de Junho: Goiania
25 e 26 de Julho: São Paulo
29 e 30 de Agosto: Curitiba
26 e 27 de Setembro: Brasilia
24 e 25 de Outubro: Santa Cruz do Sul
28 e 29 de Novembro: São Paulo

 

Scroll To Top