Sábado , Dezembro 16 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Mikkelsen lidera na Austrália
Mikkelsen lidera na Austrália

Mikkelsen lidera na Austrália

Do outro lado do mundo, começou a disputar-se o derradeiro evento do espétacular WRC 2017, com os seus troços australianos muito rápidos e poeirentos que obrigaram a intervalos de 3 minutos entre cada piloto. Nestas condições, era notório que os pilotos que partiam mais atrás tinham grande vantagem, mas para amanhã, a chuva poderá aparecer e tudo poderá inverter-se.

Sendo nono na estrada e como vencedor da edição anterior, Andreas Mikkelsen destacou-se de toda a concorrência, vencendo as primeiras quatros especiais e ganhar uma vantagem de 20s ao longo do dia para o piloto mais próximo do norueguês. Se chover como está previsto para o segundo dia, poderá ser complicado para quem partir em décimo na estrada.

Thierry Neuville encontrou dificuldades durante a manhã por ser segundo na estrada, mas recuperou algum tempo na repetição das especiais, vencendo duas e subir da quarta para a segunda posição.

Por outro lado, Kris Meeke tinha melhor ordem de partida do que o belga, cometeu um pequeno erro numa ligeira saída de estrada, mas ocupou a segunda posição durante todo o dia, até a perder por 0,7s para Neuville na derradeira super especial.
Jari-Matti Latvala não esteve consistente durante a manhã e até complicou com uma falha nos intercomunicadores na primeira especial. Com pneus duros à tarde, o finlandês deu-se bem nas partes com terra solta, mas perdia quando o piso estava mais polido, conseguindo subir à quarta posição a 9,1s de Meeke.
Craig Breen esteve perto de vencer um troço e chegou a ser terceiro na classificação, mas a tarde não correu tão bem ao irlandês, cometendo pequenos erros e teve dificuldades com um dos pneus no C3, caindo para quinto a 0,9s de Latvala.

Os carros da M-Sport não estiveram bem no primeiro dia, com Ott Tänak a ser apenas sexto a 33s do líder. As duas passagens por Pilbara não foram favoráveis ao Fiesta, com o carro do estónio a perder toda a traseira numa passagem de água. O comportamento do carro agravou-se e Tänak até dizia que via mais a estrada pelo vidro lateral do que pelo dianteiro.
Hayden Paddon não esteve satisfeito com o carro durante a manhã, melhorou um pouco à tarde, mas depois voltou para a sétima posição que tinha desde a segunda especial a 5,2s de Tänak.

Muito penalizado por ser primeiro na estrada, Sébastien Ogier ainda se atrasou mais no cronómetro por ter ficado várias vezes sem o funcionamento da “paddle shift” devido a uma falha eletrónica. O francês terminou o dia apenas em oitavo a 47,9s de Mikkelsen, mas se chover amanhã, o campeão poderá ter boas hipóteses de recuperar.
Stéphane Lefebvre furou duas vezes nas duas passagens por Pilbara, não perdeu muito tempo, mas condicionou o seu andamento por não ter outro pneu para trocar se fosse necessário, terminando em nono a 9,4s de Ogier.

Elfyn Evans só dispunha de pneus duros e os DMACK com essa mistura, estiveram longe de ser eficazes, perdendo sempre terreno em todas as especiais e ficar a mais de 1 minuto do líder.
Pior esteve Esapekka Lappi que ficou sem direção assistida a meio da manhã e uma fuga de óleo que não conseguia perceber de onde vinha. O finlandês melhorou os seus tempos à tarde, mas já perdeu mais de 3 minutos para Mikkelsen.

No seu segundo rally no WRC2, Kalle Rovanperä está a portar-se muito bem, estando logo a seguir aos carros de topo. O finlandês é o único concorrente no WRC2 mas já tem uma enorme vantagem para todos os carros que seguem atrás.
Brendan Reeves é o melhor piloto local no Mazda 2 AP4 com que já venceu rallies na Nova Zelândia. O australiano já está a quase 3 minutos de distância de Rovanperä, mas também foi o único AP4 a terminar a etapa, estando isolado na décima terceira posição num carro que está à venda.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Andreas Mikkelsen (5); Thierry Neuville (2); Ott Tänak (1)
LÍDERES DO RALLY:
Andreas Mikkelsen (SS1 a 8)

 

Scroll To Top