Terça-feira , Setembro 25 2018
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / MontalegreRX 2017 nas camisolas do Grupo Desportivo de Chaves
MontalegreRX 2017 nas camisolas do Grupo Desportivo de Chaves

MontalegreRX 2017 nas camisolas do Grupo Desportivo de Chaves

Foi uma iniciativa inédita. O salão nobre da Câmara Municipal de Montalegre, foi o palco da conferência de imprensa de antevisão da primeira mão da meia final da Taça de Portugal que coloca frente a frente o Vitória de Guimarães e o Grupo Desportivo de Chaves. Para além do presidente da autarquia, Orlando Alves, a sessão contou com as presenças do treinador do G.D. Chaves, Ricardo Soares, e do capitão da equipa transmontana, Nélson Lenho. Esta iniciativa serviu, também, para revelar as camisolas que irão ser envergadas pelos flavienses no jogo. Os dorsais irão contar com o patrocínio da prova do Mundial Rallycross a realizar em Montalegre (21 a 23 abril). Uma aposta que resulta de uma parceria entre a autarquia e o emblema transmontano.

A partida Guimarães-Grupo Desportivo de Chaves, jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal “Placard”, agendada para esta quarta-feira, arrancou em Montalegre com a realização da conferência de imprensa que fez a antevisão do duelo. Uma aposta sem memória do município de Montalegre que, desta forma, se associa, de uma forma clara, ao sonho dos “valentes transmontanos” rumo ao Jamor.
Da parceria Montalegre RX / Câmara de Montalegre e o Grupo Desportivo de Chaves, resultou a já mencionada conferência de imprensa que serviu, também, para revelar as camisolas oficiais para o jogo. A sessão, para além do presidente da autarquia, Orlando Alves, teve as presenças do treinador do G.D. Chaves, Ricardo Soares, e do capitão da equipa transmontana, Nélson Lenho.

 

Orlando Alves | Presidente da Câmara Municipal de Montalegre
«Estamos nesta parceria com o Grupo Desportivo de Chaves com muita vaidade e muito orgulho. Esta equipa é uma chama viva da região. Vemos a cidade de Chaves como a capital da nossa sub-região e o clube pode ser a chave e o motor de que possa resultar uma acessibilidade digna. Sendo o Chaves uma equipa campeã, acredito que vá chegar ao Jamor na Taça de Portugal. Somos uma terra pequenina mas organizamos grandes eventos como é o caso do Mundial Rallycross. Entendemos que era oportuno celebrar este contrato para publicitarmos o nosso evento. Estamos a pensar fazer o mesmo com Centro Desportivo e Cultural de Montalegre. Correu muito bem. Estaremos sempre de alma e coração com o Grupo Desportivo de Chaves. Associamo-nos a uma grande equipa para afirmarmos a nossa grandeza. É uma honra vermos o nome de Montalegre nas camisolas dos jogadores do Chaves».

Ricardo Soares | Treinador do Grupo Desportivo de Chaves
«Estou aqui com muita satisfação e muito agrado. Lutamos pela gente da região e, em conjunto, queremos atingir a final do Jamor. Será um jogo muito equilibrado, com duas equipas muito fortes. O jogo será discutido ao palmo. Os índices de motivação estão no pico. O objetivo é o Jamor, como seria o sonho de qualquer um. Estamos em pé de igualdade, duas massas associativas fantásticas, apaixonadas pelo futebol e por cada uma das regiões. Jogamos cada jogo como se fosse o último. É motivante estar nesta situação. Respeitamos muito o adversário. É uma equipa forte e está a fazer uma grande época. Queremos fazer um jogo que, na segunda volta, nos permita estarmos de pé para atacarmos a final».

Nélson Lenho | Capitão do Grupo Desportivo de Chaves
«Temos o apoio de toda a região. Sentimos isso. É um jogo diferente mas o importante é estarmos focados na passagem do Chaves. Nesta partida, temos o apoio especial do concelho de Montalegre. Irá ser um jogo especial porque é o clube onde fiz a minha formação. É gratificante jogar contra o clube que me ajudou a crescer como homem e como profissional. O futebol é assim e quero trazer uma vitória para Chaves. Desejo ao Montalegre o maior êxito possível e que consiga a manutenção no Campeonato Prio porque tem qualidade para isso».

Antonio Dinis

 

Scroll To Top