Sexta-feira , Maio 25 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Motor obriga Marco Cid a desistir na Bélgica
Motor obriga Marco Cid a desistir na Bélgica

Motor obriga Marco Cid a desistir na Bélgica

 

Marco Cid e Nuno Rodrigues da Silva chegaram ao Rali de Ypres no top 5 do Campeonato da Europa Júnior (ERC Júnior) mas um problema de motor no Peugeot 208 R2 obrigou a dupla portuguesa a abandonar na 5ª especial.

A ronda belga era mais uma novidade absoluta para o campeão nacional de 2 Litros / 2 Rodas Motrizes. Marco Cid enfrentava um dos mais traiçoeiros ralis de asfalto do calendário mas seria o motor do Peugeot a provocar a primeira desistência no ERC Júnior, numa altura em que o piloto de Leiria estava em plena aprendizagem dos troços de Ypres.

“Sim, foi algo curta a minha participação nesta prova de características únicas”, referiu Marco Cid. “É frustrante pois este ano ainda não tive uma prova a correr a 100 por cento. Um problema de sobreaquecimento no motor fez com que parássemos e, para não haver estragos de maior, devido ao curto orçamento, decidimos não forçar o carro até ao final. Foi pena porque nos reconhecimentos não tinha gostado muito dos troços mas em ritmo de corrida adorei tudo. Reparei no final do primeiro troço que as minhas notas poderiam estar mais rápidas em certas zonas pois se formos pela estrada é lento mas pela relva é a fundo. Torna-se difícil ter essa noção só com duas passagens mas tudo isto faz parte da aprendizagem. No global adorei o rali e consegui baixar a diferença por km para os mais rápidos, o que é um bom sinal de evolução”, concluiu o piloto português, que estava entre os 9 primeiros da categoria na altura da desistência.

Marco Cid e Nuno Rodrigues da Silva regressam agora à competição no Rali da Estónia, em terra, de 15 a 17 de Julho.

 

Scroll To Top