Sexta-feira , Novembro 17 2017
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / MRacing volta ao CNTT com duas equipas
MRacing volta ao CNTT com duas equipas

MRacing volta ao CNTT com duas equipas

 

É já este fim-de-semana que a MRacing Team volta ao activo no Rali TT Reguengos de Monsaraz em que contará com 2 pilotos a concorrer : Alejandro Martins e Paulo Ferreira que volta ao Campeonato depois de uma pausa de um ano causada por um grave acidente em 2015.
Manuel Russo Jr. está confiante e feliz por voltar a esta que é a «corrida da casa» «Vai com certeza ser uma corrida muito dura, pois a intermitência entre chuvas e calor indica que o terreno vai estar demolidor.
Esperamos que as nossas duas equipas Alejandro Martins – José Marques e Paulo Rui Ferreira – Jorge Monteiro consigam superar as dificuldades que os esperam, se divirtam e consigam o melhor resultado possível.
Saudamos com especial carinho o regresso de Paulo Rui Ferreira após um grave acidente há um ano na Tunísia.
Foi uma paragem longa depois da Baja Portalegre que nos permitiu rever e recondicionar os veículos para condições ideais, já fizemos testes com ambos os pilotos e tudo correu pelo melhor, agora é só esperar pela corrida e esperar que consigamos um bom resultado conjunto.
É sempre para nós um prazer estar à partida desta corrida de Reguengos que, para a MRacing é a corrida da casa, onde somos sempre muito bem recebidos por uma organização espectacular. »

Alejandro Martins volta a uma das suas provas predilectas confiante na equipa e no carro, mas está pronto para uma prova muito competitiva e desafiante. «Com uma lista de inscritos bastante extensa e de grande qualidade, não espero facilidades nesta minha primeira participação de 2016, contudo acredito no meu potencial e espero vir a fazer uma boa prestação. Normalmente participo sempre nesta prova, pois está dentro das minhas favoritas, com os seus percursos aliciantes que culminam em grandes desafios, que é isto que eu gosto no TT. A equipa está muito coesa e trabalha em uníssono, para obtermos um bom resultado.
Esta prova Alentejana, é uma das minhas predilectas. Seria uma enorme perda para quem participa no CNTT, não ter mais a oportunidade de poder usufruir destes percursos com mais de 300 km. Votos de uma boa prova a todos os participantes.»

Paulo Ferreira é realista face às suas condicionantes físicas, mantém o seu objectivo habitual : a diversão e confia plenamente na MRacing. «Depois de um ano parado e tendo ainda parafusos e estrutura metálica nas costas, as perspectivas e as ambições são modestas. O objectivo principal é apenas verificar como o físico se comporta. Como sempre, o que nos traz a estas lides é a diversão, pelo que uma vez mais esperamos muita diversão e um belo fim-de-semana junto aos amigos e a fazer o que gostamos.
A nível da viatura, sabemos que tudo estará preparadíssimo como é regra na MRacing, deixámos de ter de nos preocupar com esse assunto há muito tempo.
A nível pessoal, fizemos alguma preparação física como é hábito, no entanto sabemos que um ano fora das competições e as limitações físicas que ainda tenho, nos obrigarão a ter uma atitude mais defensiva na corrida.
Esta é uma prova que gostamos muito de fazer, tem pistas belíssimas e variadas entre muito técnicas e muito rápidas e paisagens fantásticas.
Realizámos um teste de 120 km para verificar se as costas já estariam preparadas e os resultados foram animadores, venham mais 300 kms no próximo domingo para deixar o assunto esclarecido.»

 

Scroll To Top