Sábado , Dezembro 16 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Nacional de Montanha Valvoline ao rubro em Boticas
Nacional de Montanha Valvoline ao rubro em Boticas

Nacional de Montanha Valvoline ao rubro em Boticas

 

 

O Campeonato Nacional de Montanha Valvoline está ao rubro, com a luta pelos títulos ainda em jogo, a prolongar-se até aos últimos instantes da Rampa de Boticas, prova organizada pela Demoporto e entusiasticamente apoiada pela Câmara Municipal de Boticas.

Depois do domínio de Pedro Salvador nas duas subidas de treinos, foi Rui Ramalho em Osella PA21S Evo, a impor-se na primeira subida de prova na Rampa de Boticas com a marca de 2:01s562.

Ramalho bateu o homem do Norma por 4 décimas de segundo, numa luta que se adivinha emocionante pelo título, que tem decisão marcada para Domingo. Em termos absolutos e de Categoria 1, é para já Paulo Ramalho em Juno CN09 quem completa o pódio.

José Correia encontrou em Boticas, uma rampa perfeita para as características do seu imponente Nissan GT-R GT3, liderando nesta primeira subida de prova a Categoria 2 com o tempo de 2:15s548. A cerca de um segundo e três décimas de Correia, Edgar Reis foi o segundo classificado com o seu Porsche 997 GT3 Cup, suplantando Gonçalo Manahu em carro idêntico.

Manuel Correia liderou mais uma vez e confortavelmente a Categoria 3, registando o tempo de 2:18s219 ao volante do seu bonito Ford Fiesta R5. Tiago Silva em BMW E30 e Jorge Meira em Citroën Saxo Cup ocupam para já as restantes posições de pódio.

Luis Nunes continua a dominar a Categoria 4, impondo o SEAT Leon Cup Racer com naturalidade face à oposição de José Cerqueira em SEAT Leon MKI. Nunes fez a marca de 2:17s157.

Dominador desde os treinos, José Silvino Pires em Ford Escort MKI não dá veleidades na Categoria 5, melhorando para 2:26s018 a sua melhor marca em Boticas.  Na segunda posição está para já Carlos Oliveira em Porsche 911 RS, seguido por Pedro Couceiro em Opel 1904 SR. Destaque para a ausência nesta primeira subida de prova para o líder, Parcidio Summavielle, devido a problemas no seu Datsun 240Z.

Sozinho na Categoria 6, Martine Pereira registou a marca de 2:42s485 com o seu Lola T70.

Na Taça Nacional de Montanha o líder é Leonel Brás, com o piloto do Citroën AX Sport a terminar a prova com o tempo de 2:51s604, Roberto Meira em Fiat Punto Sport completa a classificação. Único inscrito na Taça Nacional de Clássicos Montanha, Domingos Fernandes fez o tempo de 3:23s434 com o seu pequeno Autobianchi A112.

Amanhã têm lugar as duas derradeiras e decisivas subidas de prova, antecedidas por uma subida de treinos.

Programa Horário:

11.09.2016 – Domingo

10H00 – 3ª Subida de Treinos
11H00 – 2ª Subida de Prova
12H00 – 3ª Subida de Prova

Fotos: Pedro Ferreira/Foto GTi

 

Scroll To Top