Sexta-feira , Novembro 24 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Nacional de velocidade decide-se no Estoril
Nacional de velocidade decide-se no Estoril

Nacional de velocidade decide-se no Estoril

Termina no próximo fim-de-semana (29 e 30 de Outubro) o campeonato nacional de velocidade 2016. Com organização a cargo do Motor Clube do Estoril mais de uma centena de pilotos estão inscritos para ronda que vai decidir o título na classe rainha do campeonato (Superbike) e irá igualmente estrear o Troféu RAV MotoCup em solo nacional.

Num fim-de-semana que se prevê recheado de animação tanto em pista como no paddock do traçado estorilista serão oito as corridas divididas pelos dias de Sábado e Domingo, sendo que duas se realizam no Sábado e as restantes no Domingo.

Com apenas um título por decidir entre os cinco campeonatos nacionais em pista, é precisamente o ceptro na classe maior que está por atribuir, com Tiago Magalhães a levar para o derradeiro confronto do ano 15 pontos de vantagem sobre Rui Reigoto o que significa que bastará ao campeão em título terminar em terceiro caso Reigoto vença para renovar o título nacional.

Com os campeonatos decididos quanto aos vencedores nas restantes classes (Superstock 600, Pré-Moto3 e Moto4) serão definidos os vice-campeões das mesmas classes na corrida única a realizar no Estoril, sendo Alex Costa e Nelson Rosa os intervenientes nas Superstock 600, classe onde os 21 pontos de vantagem de Costa lhe permitem gerir o fecho do campeonato. Nas Pré-Moto3 David Ferreira assumiu o segundo posto do campeonato na ronda anterior realizada em Braga e irá defender agora os três pontos de vantagem sobre João Marinho, enquanto que em Moto4 Nuno Ribeiro tem 20 pontos para também ele gerir face a Patrick Costa.

Nas Clássicas Bernardo Villar assegurou já o ceptro na classe maior, a C3 ainda antes da ronda de Braga, estando por decidir os títulos nas classes C2 entre Joaquim Boavida e Chris Doremalen estando ambos separados por 12 pontos, enquanto que na C1 Tom Thomson e Fernando Martins têm ambos 28 pontos.

Entre troféus muito ainda por decidir no último confronto do ano. No Troféu Século XX / Taça Luis Carreira – ENI apenas João Curva chega descansado e com o primeiro lugar na classe Open na sua posse, mas nas SBK Tony Costa assumiu o comando da classificação em Braga e vai defender 16 pontos face a António Maximiano ao longo das três corridas que este sempre animado vai disputar entre Sábado e Domingo, com José Teixeira a liderar nas SS com margem de 39 pontos sobre João Vieira. Miguel Sousa inicia a derradeira corrida no Kawasaki ZCup na frente da classificação enquanto que na Copa Estoril-Dunlop-Motoval por decidir está a classe 2 com 20 pontos a diferenciarem Gonçalo Ferreira e André Verdasca, sendo já vencedor Francisco Mateos na classe 1.

Esta quarta visita do campeonato nacional de velocidade ao Estoril será ainda palco da estreia do Troféu RAV MotoCup onde são esperadas quase duas dezenas de pilotos entre portugueses e espanhóis que irão evoluir nas 13 curvas dos 4.360 metros de perímetro do circuito aos comandos das pequenas RAV com motor de 250cc a quatro-tempos e todos prometem excelentes momentos de condução e competição no que poderá ser o primeiro passo rumo a um troféu permanente em 2017.

Os dados estão assim lançados rumo ao fecho do campeonato nacional de velocidade 2016, a corrida onde se vai decidir o título maior da especialidade em Portugal e o com acesso livre à bancada A do Circuito do Estoril, sendo que o acesso ao paddock terá mais uma vez um custo de 5 euros.

CAMPEONATO

Superbike
1º Tiago Magalhães com 145 pontos; 2º Rui Reigoto, 130; 3º Pedro Monteiro, 100; 4º Romeu Leite, 89; 5º Mário Alves, 81

Superstock 600
1º Ivo Lopes com 175 pontos; 2º Alex Costa, 102; 3º Nelson Rosa, 81; 4º Pedro Nuno, 56; 5º Eusébio Nogueira, 46

Pré-Moto3
1º Paulo Leite com 140 pontos; 2º David Ferreira, 111; 3º João Marinho, 108; 4º Alex Costa, 29; 5º Edgar Machado, 20

Moto4
1º Diogo Regadas com 140 pontos; 2º Nuno Ribeiro, 89; 3º Patrick Costa, 69; 4º Tomás Alonso, 50; 5º Marco Mateiro, 48

Clássicas

C1
1º Tom Thomson com 28 pontos; 2º Fernando Martins, 28

C2
1º Joaquim Boavida com 57 pontos; 2º Chris Doremalen, 45; 3º João Leandro, 10

C3
1º Bernardo Villar com 103 pontos; 2º Fernando Sousa, 42; 3º António Machado, 40; 4º Rodrigo Amaral, 36; 5º Duarte Amaral, 29

Troféu Século XX / Taça Luis Carreira – ENI

SBK
1º Tony Costa com 257 pontos; 2º António Maximiano, 241; 3º João Ribeiro, 155; 4º João Trancoso, 198; 5º Eduardo Cabreira, 170

Open
1º João Curva com 282 pontos; 2º Jorge Afonso, 182; 3º Pedro Flores, 165; 4º Fernando Mercier, 97; 5º João Leandro, 94

SS
1º José Teixeira com 215 pontos; 2º João Vieira, 176; 2º André Capitão, 172; 4º António Reis, 129; 5º Ricardo Guerra, 103

Sport
1º Armindo Neves com 28 pontos

Kawasaki ZCup
1º Miguel Sousa com 176 pontos; 2º Joaquim Boavida, 121; 3º Paulo Vicente, 115; 4º António Morato, 20; 5º Ricardo Duarte, 20

Copa Estoril-Dunlop-Motoval

Classe 1
1º Francisco Mateos, com 140 pontos; 2º Jesus Macarro, 76; 3º Luis Pimenta, 75; 4º Luis Branquinho, 69; 5º Fernando Merchan, 69

Classe 2
1º Gonçalo Ferreira com 137 pontos; 2º André Verdasca, 117; 3º João Silva, 81; 4º José Fernandes, 63; 5º Nuno Simões, 61

HORÁRIOS

Sábado (29 de Outubro)
17h40 – Estoril Copa Dunlop Motoval (10 voltas)
18h10 – Troféu Século XX / Taça Luís Carreira / ENI  + ZCup (8 voltas)

Domingo (30 de Outubro)
11h55 – Troféu Século XX / Taça Luís Carreira / ENI + ZCup (8 voltas)
12h35 – Estoril Copa Dunlop Motoval (10 voltas)
14h00 – CN Motos Clássicas (9 voltas)
14h40 – CN Moto 4 + CN PréMoto3 +TroféuNortesulteam + Troféu RAV MotoCup (10 voltas)
15h25 – CN Superbikes + CN Superstock 600  (16 voltas)
16h20 – Troféu Século XX / Taça Luís Carreira / ENI + ZCup (8 voltas)

 

Scroll To Top