Segunda-feira , Outubro 15 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Nacional Supermoto regressou em Braga
Nacional Supermoto regressou em Braga

Nacional Supermoto regressou em Braga

Após uma ausência devido à falta de pilotos o campeonato nacional de Supermoto tenta em 2016 regressar ás pistas no que se pretende ser um relançamento de um modalidade que nos últimos anos tem passado por momentos menos positivos tanto a nível nacional como internacional – como atesta o número de apenas 9 pilotos que estiveram presentes na primeira ronda do campeonato do mundo da especialidade recentemente realizada em Jerez de La Frontera em Espanha.

O calendário em 2016 está dividido em duas zonas (Norte e Sul), cada uma com duas provas no calendário, para posteriormente se realizarem duas corridas na Fase Final que decidirão o nome do vencedor deste mesmo Nacional de Supermoto.

Neste regresso ás pistas a primeira prova do campeonato foi realizada no Kartódromo Internacional de Braga no passado Domingo, num traçado com 1200 metros de extensão totalmente em asfalto – algumas rondas do campeonato terão pistas mistas com asfalto e terra – sendo o evento organizado pelo Club Moto Galos de Barcelos, que assume a organização das duas rondas da fase Norte do campeonato.

Com algum público a acompanhar a prova foram 12 os pilotos que marcaram presença em pista neste arranque de nova era da especialidade e nem mesmo a ameaça da chuva impediu que o espectáculo fosse bem animado com lutas interessantes pelas primeiras posições.

Com Eusébio Nogueira na ‘pole position’ foi no entanto Nuno Pinto quem melhor arrancou para a primeira corrida do dia, perdendo no entanto a vantagem ainda no decorrer da volta de abertura para Nogueira, que não mais largou o comando da corrida. O igualmente piloto de velocidade terminou as 17 voltas com menos de meio segundo de vantagem para o rival, terminando André Leite no degrau mais baixo do pódio depois de rodar igualmente nessa mesma posição em todas as passagens pela linha de meta.
Mais animada foi a luta pela quarto posto, que esteve nas mãos de Filipe Marques, Jorge Silva, Narciso Casqueiro e Hélder Baptista, piloto que fechou a corrida nessa mesma posição depois de assumir o lugar a cinco voltas do final da corrida, ficando Hugo Silva com a quinta posição final.

Na segunda corrida foi Nuno Pinto quem novamente saiu melhor que os adversários para segurar a posição durante as primeiras sete voltas. Eusébio Nogueira esteve por perto nas duas primeiras voltas, descendo depois para terceiro por troca com André Leite antes de abandonar. A prova perdia um dos seus principais animadores, mas nem por isso deixava de haver motivo de interesse na mesma. Nuno Pinto tinha André Leite sempre a ameaçar o ataque ao primeiro lugar, posição que conseguiu na oitava passagem pela linha de meta com Nuno Pinto a descer a segundo. Narciso Casqueiro era já o terceiro depois de ter iniciado a corrida em sexto e a quatro voltas do final conseguia mesmo passar Nuno Pinto, fazendo depois o mesmo a André Leite já na última volta para bater o então líder por 99 centésimas de segundo no final das 18 voltas realizadas. André Leite perdeu assim por um ‘fio de cabelo’ a vitória, ficando Nuno Pinto em terceiro na frente de Hélder Baptista e Filipe Marques, que ocuparam essas mesmas posições desde a 13ª volta.

Duas corridas bem animadas que mostraram que o Supermoto é um espectáculo impar e com fortes possibilidades de regressar aos seus melhores dias em Portugal.

O calendário em 2016 está dividido em duas zonas (Norte e Sul), cada uma com duas provas no calendário, para posteriormente se realizarem duas corridas na Fase Final que decidirão o nome do vencedor deste mesmo Nacional de Supermoto.

Classificações

1º Manga
1º Eusébio Nogueira com 17 voltas; 2º Nuno Pinto a 0.492s; 3º André Leite a 24.182s; 4º Hélder Baptista a 33.785s; 5º Hugo Silva a 40.917s

2ª Manga
1º Narciso Casqueiro com 17 voltas; 2º André Leite a 0.099s; 3º Nuno Pinto a 3.839s; 4º Hélder Baptista a 9.285s; 5º Filipe Marques a 12.543s

Calendário 2016

Zona Norte
29 de Maio – Guilhabreu (pista mista)

Zona Sul
30 de Abril – Portalegre (pista mista)
12 de Junho – Vila Nova Santo André (asfalto

 

Scroll To Top