Sábado , Outubro 21 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Nacional Velocidade com jornada quente a sul
Nacional Velocidade com jornada quente a sul

Nacional Velocidade com jornada quente a sul

Foi debaixo de elevadas temperaturas e um vento mais intenso ao final das tardes que os pilotos do Nacional de Velocidade enfrentaram este fim-de-semana aquela que foi a terceira ronda do campeonato da especialidade e que pela segunda vez em 2017 visitou o traçado do Autódromo Internacional do Algarve com os seus 4.592 metros de perímetro com dois dias de competição bem animados a marcarem o final da primeira metade da época.

Antes da entrada em período estival a prova algarvia teve jornada dupla para os pilotos das Superbike e Superstock 600, com duas excelentes corridas onde o grande protagonista foi Ivo Lopes que aos comandos da sua 600 voltou a destroçar a concorrência, mesmo os homens das 1000cc para vencer na geral e sempre na frente de Rui Reigoto, o melhor na classe rainha do campeonato.

Duas vitórias distintas para o piloto da AMadora que na primeira corrida – realizada no Sábado – não fez um bom arranque e teve que recuperar até chegar ao comando do pelotão para bater Rui Reigoto por escassa margem e com Tiago Magalhães igualmente muito próximo. Lopes venceu com conforto na sua classe, as Superstock 600 e Reigoto foi o melhor nas Superbike assinando a terceira vitória consecutiva do ano com Tiago Magalhães muito próximo.

Na segunda corrida, realizada no Domingo, as temperaturas mais elevadas não ajudaram aos pilotos e depois de fazer um bom arranque – pela primeira vez este ano – cedo Ivo Lopes se instalou no primeiro lugar mas com forte pressão imposta por Tiago Magalhães apenas na fase final Ivo Lopes conseguiu ganhar alguma margem de manobra face a Magalhães que mesmo no final da corrida viu o azar ‘bater-lhe à porta’ e foi forçado a abandonar deixando o caminho aberto para que Rui Reigoto garantisse a segunda posição na geral e a vitória nas SBK  face a André Pires que deu muito trabalho ao cada vez mais destacado líder da geral do campeonato.

Um fim-de-semana perfeito para Reigoto e Ivo Lopes e onde venceram igualmente Vasco Esturrado nas 125GP/Pré-Moto3, com margem muito reduzida (0.024s) para Angel Dominguez, com Kiko Maria a fechar o pódio no dia do regresso de Tomás Alonso ás pistas depois da queda sofrida na ronda anterior no Estoril. Patrick Costa foi o vencedor nas 85GP/Moto4 na frente de Nuno Ribeiro. Nota igualmente de destaque para a luta intensa travada entre o trio composto por Bernardo Villar, Rodrigo Amaral e Duarte Amaral nas Clássicas, com este úktimo a vencer após oito animadas voltas e na frente de Bernardo Villar e Rodrigo Amaral.

No Algarve estiveram igualmente os pilotos do Troféu ENI – Taça Luis Carreira, que realizaram duas corridas com é habito, sendo que as vitórias na classe SBK foram para Eduardo Cabreira e José Almeida, na Open venceu Rui Felisberto em ambos os dias, o mesmo se passando com João Vieira e Paulo Costa nas SS e Sport respectivamente. Nas Kawasaki ZCup i francês Frédèric Bottoglieri fez estragos e ganhou mesmo na frente do restante pelotão do Troféu ENI – Taça Luis Carreira para uma dupla vitória, o mesmo se passando com os pilotos da Copa Dunlop Motoval que também aqui discutiram duas corridas, com vitória de Daniel Rodriguez e João Silva nas respectivas classes em ambos os dias de competição.

O campeonato sofre agora a sua habitual pausa estival para regressar no Circuito do Estoril após o período do Verão.

Classificações

Superbikes – Corrida 1
1º Rui Reigoto – Yamaha com 16 voltas
2º Tiago Magalhães – Aprilia a 0.333s
3º André Pires – Kawasaki a 1.559s
4º Rui Marto – BMW a 23.710s
5º Romeu Leite – Yamaha a 30.522s

Superbikes – Corrida 2
1º Rui Reigoto – Yamaha com 16 voltas
2º André Pires – Kawasaki a 0.429s
3º Rui Marto – BMW a 15.743s
4º Romeu Leite – Yamaha a 31.817s
5º Nelson Rosa – Kawasaki a 1m01.781s

Superstock 600 – Corrida 1
1º Ivo Lopes – Yamaha com 16 voltas
2º Angel Dominguez – Kawasaki a 1m33.451s
3º André Lopes – Yamaha a 1 volta
4º Sérgio Moreira – Yamaha a 1 volta

Superstock 600 – Corrida 2
1º Ivo Lopes – Yamaha com 16 voltas
2º Angel Dominguez – Kawasaki a 1m37.441s
3º Stephen Carmichael – Kawasaki a 1 volta
4º André Lopes – Yamaha a 1 volta
5º Sérgio Moreira – Yamaha a 1 volta

125GP/Pré-Moto3
1º Vasco Esturrado – Moriwaki com 10 voltas
2º Angel Dominguez – Honda a 0.024s
3º Kiko Maria – BeOn a 3.119s
4º Tomás Alonso – Moriwaki a 37.470s
5º Diogo Pires – BeOn a 52.154s

85GP/Moto4
1º Patrick Costa – Minarelli com 9 voltas
2º Nuno Ribeiro – Honda a 52.617s

Clássicas
1º Duarte Amaral – Honda com 8 voltas
2º Bernardo Villar – Honda a 0.132s
3º Rodrigo Amaral – Honda a 1.988s
4º Joaquim Boavida – Guzzi a 1 volta
5º João Leandro – Triumph a 1 volta

Troféu ENI – Taça Luis Carreira – Corrida 1

Classe SBK
1º Eduardo Cabreira – Aprilia com 8 voltas
2º José Almeida – Suzuki
5º Nelson Saldanha – Suzuki
3º João Quelhas – Ducati
4º João Trancoso – Suzuki

Classe Open
1º Rui Felisberto – Yamaha com 8 voltas
2º Fernando Mercier – Yamaha
3º Armindo Neves – Honda
4º João Leandro – Yamaha

Classe SS
1º João Vieira – Yamaha com 8 voltas
2º Ricardo Guerra – Honda
2º António Reis – Honda

Classe Sport
1º Paulo Costa – Honda com 7 voltas
2º Albert Vismaioer – Kawasaki

Troféu ENI – Taça Luis Carreira – Corrida 2

Classe SBK
1º José Almeida – Suzuki com 8 voltas
2º Eduardo Cabreira – Aprilia a 1.119s
3º João Quelhas – Ducati a 1.523s
4º João Trancoso – Suzuki a 11.851s
5º Nelson Saldanha – Suzuki a 32.278s

Classe Open
1º Rui Felisberto – Yamaha com 8 voltas
2º Armindo Neves – Honda a 1m11.512s
3º Fernando Mercier – Yamaha a 1m17.470s
4º João Leandro – Yamaha a 1 volta

Classe SS
1º João Vieira – Yamaha com 8 voltas
2º António Reis – Honda a 42.231s
3º Ricardo Guerra – Honda a 1 volta

Classe Sport
1º Paulo Costa – Honda com 7 voltas
2º Albert Vismaioer – Kawasaki a 1 volta

Kawasaki ZCup – Corrida 1
1º Frédèric Bottoglieri – Kawasaki com 8 voltas
2º Paulo Vicente/Nuno Farias – Kawasaki a 11.451s
3º Miguel Sousa – Kawasaki a 25.359s
4º Pavel Bogdanov – Kawasaki a 45.503s
5º Joaquim Boavida – Kawasaki a 1 volta

Kawasaki ZCup – Corrida 2
1º Frédèric Bottoglieri – Kawasaki com 8 voltas
2º Paulo Vicente/Nuno Farias – Kawasaki a 13.678s
3º Miguel Sousa – Kawasaki a 33.486ss
4º Pavel Bogdanov – Kawasaki a 58.802s
5º Joaquim Boavida – Kawasaki a 1 volta

Copa Dunlop/Motoval – Corrida 1

Classe 1
1º Daniel Rodriguez – Yamaha com 9 voltas
2º Jaime Coelho – Suzuki a 7.017s
3º Jesus Macarro – Kawasaki a 8.177s
4º João Ramos – Kawasaki a 19.654s
5º Sérgio Leitão – Honda a 45.803s

Classe 2
1º João Silva – Kawasaki com 9 voltas
2º Tiago Pires – Suzuki a 0.845s
3º António Costa – BMW a 13.654s
4º Filipe Lourenço – Aprilia a 23.032s
5º Pedro Dias – Kawasaki a 39.029s

Copa Dunlop/Motoval – Corrida 2

Classe 1
1º Daniel Rodriguez – Yamaha com 9 voltas
2º Jesus Macarro – Kawasaki a 6.661s
3º Jaime Coelho – Suzuki a 8.371s
4º João Ramos – Kawasaki a 40.140s
5º Sérgio Leitão – Honda a 1m07.729s

Classe 2
1º João Silva – Kawasaki com 9 voltas
2º Tiago Pires – Suzuki a 3.685s
3º Filipe Lourenço – Aprilia a 32.127s
4º António Costa – BMW a 43.329s
5º Jaime Fordham – Suzuki a 44.131s

 

Scroll To Top