Quarta-feira , Setembro 26 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Neuville desiste e Latvala assume comando
Neuville desiste e Latvala assume comando

Neuville desiste e Latvala assume comando

Com a ordem de posição invertida, notou-se um maior equilíbrio nos pilotos mais rápidos em algumas especiais. Quando tudo parecia resolvido em termos de quem poderia vencer o rally, acabou por haver surpresas no final do dia.

Thierry Neuville só venceu uma especial, mas também foi rápido nos restantes troços, num dia em que não só manteve a liderança, como aumentou a sua vantagem. O belga esteve muito confiante na sua condução e nas potencialidades do Hyundai, até disputar a derradeira super especial do dia e dar um toque (de novo) num bloco de betão, partindo a direção e nova desistência quando liderava destacadamente.

Jari-Matti Latvala voltou a ser dos mais rápidos, venceu um troço, mas perdeu tempo para Neuville na penúltima especial do dia com os pneus a acusarem desgaste. No entanto, o finlandês terminou o dia na liderança após o erro do belga, estando rally relançado para o derradeiro dia.

Ott Tänak foi o piloto mais rápido do dia, vencendo todos os troços disputados durante a manhã. O estónio aproximou-se de Latvala e agora está só a 3,8s do finlandês e em excelente posição de discutir a vitória no rally.

Sébastien Ogier subiu uma posição no inicio do dia, também esteve rápido, mas perdeu 6,8s para Tänak, estando a 12,8s do estónio e a 16,6s de Latvala. O francês subiu para terceiro com o erro de Neuville e também está em posição de discutir a vitória, mas não será tarefa fácil.

Kris Meeke baixou para quinto por troca com Ogier, mas deitou tudo a perder na penúltima especial do dia, ao sair de estrada e perder mais de 8 minutos. O britânico caiu para fora do top 10 e só conseguiu  terminar a especial, depois de um grande esforço dos espetadores.

Dani Sordo está outra vez na quarta posição e novamente como melhor piloto da Hyundai. O espanhol já está muito longe do novo trio do pódio e agora necessita levar o carro em segurança até ao final para garantir alguns pontos.

Hayden Paddon esteve em dia de azar, ao ficar sem direção assistida nos primeiros quilómetros da primeira especial do dia. O neozelandês baixou quatro posições, mas com os erros de Meeke e de Neuville, recuperou até à sétima posição.

Craig Breen não esteve muito confiante, preferindo não arriscar o bom resultado que está a ter na estreia com o novo C3. Breen até chegou a estar perto de Sordo, perdeu cerca de 11s para o espanhol, mas é novamente o melhor piloto da Citroën.

Elfyn Evans não esteve rápido, mas não repetiu os erros de ontem, estando calmamente na sexta posição, longe de Breen, mas com mais de 1 minuto de vantagem para Paddon.

Stéphane Lefebvre apanhou um susto ao sair de estrada à saída de uma curva lenta. O DS3 WRC conseguiu sair do buraco sem a ajuda do público, mas perdeu alguns segundos para Paddon.

Pontus Tidemand continua a liderar de forma destacada o WRC2, com mais de 1 minuto de vantagem para Teemu Suninen que esteve em grande luta com Ole Christian Veiby ao longo do dia.

Mads Østberg tentou bater o recorde de Eyvind Brynildsen do salto em Colin’s Crest, mas o piloto da Adapta / Jipocar não foi além dos 44 metros, sendo o melhor do rally, mas ficou a 1 metro do melhor salto.

Juho Hänninen regressou em rally2, mas nunca mostrou rapidez no cronómetro, ao ser apenas o oitavo mais rápido durante o dia, perdendo hoje quase 2 minutos para Tänak.

Henning Solberg também regressou no segundo dia, mas capotou o Skoda durante a manhã. O norueguês teve de recorrer ao pára brisas do Fabia alugado pelo russo Alexey Lukyanuk para não congelar dentro do carro.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Jari-Matti Latvala (3); Thierry Neuville (6); Ott Tänak (4); Dani Sordo (1)
LÍDERES DO RALLY:
Jari-Matti Latvala (SS1); Thierry Neuville (SS2 a 3); Jari-Matti Latvala (SS4); Thierry Neuville (SS5 a 14); Jari-Matti Latvala (SS15)
PRINCIPAIS ABANDONOS:
5 Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (BEL) Hyundai i20 coupe WRC (partiu direção na SS15)
37 Lorenzo Bertelli / Simone Scattolin (ITA) Ford Fiesta RS WRC (avaria elétrica na SS2 e 14)
33 Pierre Louis Loubet / Vincent Landais (FRA) Citroën DS3 R5 (motor após SS4)
35 Anders Grondal / Roger Eilertsen (NOR) Ford Fiesta R5 (avaria após SS4)
42 Alexey Lukyanuk / Alexey Arnautov (RUS) Ford Fiesta R5 (suspensão na SS14)
84 Simone Tempestini / Giovanni Bernacchini (ITA) Citroën DS3 R5 (capotou na SS14)
Ricardo Nascimento (http://web-rally.blogspot.pt)

 

Scroll To Top