Quarta-feira , Agosto 22 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / NUNO SANTOS FOI O TOTALISTA DOS SUPER 7 BY KIA NO ESTORIL RACING WEEKEND
NUNO SANTOS FOI O TOTALISTA DOS SUPER 7 BY KIA NO ESTORIL RACING WEEKEND

NUNO SANTOS FOI O TOTALISTA DOS SUPER 7 BY KIA NO ESTORIL RACING WEEKEND

 

 

Nuno Santos foi o piloto em destaque no passado fim de semana do Estoril, numa dupla jornada com quatro corridas – bem animadas como é costume –  dos Super 7 by KIA em que se saiu sempre como vencedor, iniciando o seu domínio nos treinos cronometrados, ainda que apenas nas derradeiras voltas, devido à oposição de Gonçalo Lobo do Vale.

 

A pole-position, foi para Nuno Santos, mas arrancada a ferros a Gonçalo Lobo do Vale, apenas nas derradeiras voltas da sessão, com os irmãos Leitão a serem de novo muito rápidos e a garantirem o terceiro lugar da grelha e os restantes foram completando as outras linhas, com tempos muito próximos, o que fazia antever uma luta interessante no primeiro embate. De referir o azar de Jaime Fuster que momentos antes de arrancar para os treinos cronometrados foi impedido de sair para a pista com problemas de caixa de velocidades.

 

Corrida 1

Nuno Santos foi para a frente eGonçalo Lobo do Vale, também se isolou no segundo lugar, mas o resto do pelotão manteve-se muito animado, assistindo-se a lutas como as que protagonizaram Ricardo Leitão e Nuno Carvalho, ou à recuperação impressionante, de Jaime Fuster, de último até ao quinto lugar.

 

Um trio igualmente em luta cerrada teve como intérpretes, Luis Lisboa, Pedro Alves e Duarte Lisboa seguidos à distância por José Pacheco e com problemas abandonou Luís Sepúlveda, enquanto Francisco Villar sentiu alguns problemas no seu Seven.

 

Corrida 2

A segunda manga foi de novo muito disputada, como aliás é habitual; Nuno Santos teve forte oposição no início, por parte Jaime Fuster e Gonçalo Lobo do Vale que trocaram inúmeras vezes de posição entre si, disputando travagens lado a lado… No final mais uma vitória para Nuno Santos, seguido de Jaime Fuster e Gonçalo Lobo do Vale. Ricardo Leitão ficou com a 4ª posição, seguido por Luis Lisboa, Nuno Carvalho, Pedro Alves, Duarte Lisboa e José Pacheco.

 

Nas contas finais da soma das duas mangas o pódio ficou como segue: Nuno Santos, Gonçalo Lobo do Vale e Ricardo Leitão.

 

Corrida 3

A terceira corrida teve uma história bastante parecida à da corrida 2, sendo que entre os manos Leitão, agora foi o Eduardo a participar nas disputadas trocas de posições. Este piloto conseguiu superar Jaime Fuster, e os dois terminaram por esta ordem atrás do grande vencedor Nuno Santos.

 

Gonçalo Lobo do Vale, ficou na 4ª posição, seguido por Nuno Carvalho. Luis Lisboa, Duarte Lisboa e Pedro Alves voltaram a ter animadas lutas, sempre sem qualquer tipo de toque ou exagero de parte a parte.

 

 

Depois da desistencia do seu companheiro de equipa e de algumas alterações no seven, Manuel Matos terminou na 9ª posição seguido por José Pacheco e pelos convidados KIA – que não conseguiram alinhar no sábado – José Ribeiro e Pedro Silva

 

Corrida 4

De novo em grande plano – apesar das dificuldades físicas que atormentaram o piloto ao longo de todo o fim-de-semana – Nuno Santos, conseguiu fazer o pleno com a vitória na 4ª manga.

 

Eduardo Leitão demonstrou quese tem que contar com ele e com o seu irmão Ricardo no futuro,  ao conquistar a 2ª posição, enquanto o jovem espanhol Jaime Fuster voltou a conseguir alcançar um lugar no pódio.

 

Desta vez Nuno Carvalho e Gonçalo Lobo do Vale trocaram de posições, tendo Nuno Carvalho ficado em 4º e

Manuel Matos conseguiu um dos seus melhores resultados da época ao conquistar a 6ª posição, seguido pelo já habitual trio, Luis Lisboa, Pedro Alves e Duarte Lisboa.

 

Os convidados KIA continuaram a sua adaptação, alcançando a 10ª posição seguidos por JoséPacheco.

Nota final para Miguel Couceiro que ao longo do fim-de-semana não conseguiu resolver os problemas que afectaram o seu Seven e para Luis Santa-Bárbara que acabou por não correr no domingo porque os danos na caixa do seu Seven foram irreparáveis.

 

Nas contas finais da soma destas duas mangas, os três primeiros ficaram assim ordenados –  Nuno Santos, Eduardo Leitão e Jaime Fuster.

 

A próxima prova – última da época – será de novono Circuito Estoril, o  Estoril Racing Festival a 29 e 30 de Novembro, sendo contamos com a presença da “armada Inglesa” que neste momento já tem 30 Seven confirmados.

 

 

Scroll To Top